Jovens exortados a aprender línguas nacionais

Uíge – O director provincial da Educação no Uíge, em exercício, Diniz Maculo, defendeu hoje, quinta-feira, a necessidade dos jovens aprenderem as línguas nacionais, nas escolas ou nas comunidades, por ser um importante meio de comunicação e para preservar-se a cultural.

O responsável fez esse pronunciamento quando intervinha numa palestra alusiva ao Dia Mundial da Língua Materna, que hoje se assinala, evento promovido pela Direcção Provincial da Cultura do Uíge.

Diniz Maculo ressaltou que as línguas nacionais são património cultural e, por isso, devem ser preservadas por todos.

Fez saber que o ensino das línguas nacionais já está a ser implementado em 76 escolas primárias e em instituições de ensino superior, da região.

Informou que o sector da Educação do Uíge está empenhado na busca de professores da disciplina de Língua Nacional Kimbundu, para os municípios Quitexe, Cangola e Negage, onde é falado esse idioma.

Por sua vez, o chefe de Departamento da Direcção Provincial da Cultura do Uíge, Moisés Feliciana, apelou aos alunos no sentido de aprenderem as línguas nacionais para facilitar a comunicação com a população das diferentes comunidades.

Alertou que as línguas nacionais podem desaparecer, em certas regiões, se não forem preservadas.

Via Angop

Comentário
Fichier hébergé par Archive-Host.com

1 Comment

  1. VOces tem dificuldade em entender suas historias UIGE ,E BENGO e terra da lingua kikongo os outros irmãos que falam lingua como kimbundu misturada com kikongo e creolo são os pirtugueses que os trouxeram nas fazendas do norte .os kimbundu,ovimbudos,são tomes,caboverdianos.hoje estão misturada com os bakongo por isso o kimbundo do bengo não tem nada a ver com kimbundo de malanje.na provincia do uige temos só uma lingua kikongo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*