Famílias camponesas beneficiam de instrumentos agrícolas no Bembe

Imagem de arquivo

Uíge – Cinquenta chefes de famílias camponesas das aldeias do Vamba e Nsangui, no município do Bembe, província do Uíge, beneficiaram hoje, terça-feira, de instrumentos agrícolas e 25 hectares de terras preparadas para o fomento da produção agrícola.

Os meios (catanas, enxadas, botas de borrachas e capas de luvas) foram entregues pela Associação dos Naturais e Amigos do Bembe para o Desenvolvimento durante o lançamento do micro-projecto denominado “ Formar e produzir é combater a fome e a pobreza”.

O projecto financiado pela embaixada francesa em Angola, no valor de 36 mil 294 euros, insere-se no âmbito do Projectos Inovadores das Sociedades Civis e Coligações de Actores (PISCCA) para o apoio ao desenvolvimento de uma agricultura sustentável. Será executado em 12 meses.

Segundo o coordenador da Associação dos Naturais e Amigos do Bembe, António Tomás, em declarações à Angop, o projecto visa o combate da fome e da pobreza.

Trata-se de um projecto de produção da mandioca, formação teórica práctico em técnica de produção, transformação, conservação da semente do produto.

A Associação dos Naturais e Amigos do Bembe para o Desenvolvimento (ANABD) é uma organização não governamental, fundada a 01 de Novembro de 2007 e destina-se a empreender acções na senda dos poderes públicos nos diversos domínios da reconstrução nacional.

Via Angop

Comentário
Fichier hébergé par Archive-Host.com

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.