Culto ecuménico marca abertura das festas dos 101 anos da vila do Bungo

Uíge, 01/08 – Um culto ecuménico de acção de graças, com a participação de diversas igrejas instaladas na sede do município do Bungo, marcou hoje, terça-feira, a abertura das festas do 101º aniversário da elevação da circunscrição do Bungo à categoria de vila, a 4 de Agosto de 1916.

No culto, que contou com a participação de sacerdotes e pastores líderes das distintas igrejas, a administradora do Bungo, Rosa Pedro Garcia defendeu ser importante orar em fraternidade para agradecer a Deus e entregar os diversos projectos sob sua protecção.

Na oportunidade, fez saber que com empenho e dedicação do governo, foi possível acabar, na vila, as marcas da guerra que dilacerou o país cuja paz foi alcançada há quinze anos.

Como referiu, a paz veio devolver a esperança de vida da população que tem já a disposição vários serviços básicos, como hospitais, escolas, pontes, assim como a livre circulação de pessoas e bens, que confere actualmente dignidade à população.

“O governo ciente das suas responsabilidades reconhece que nem tudo foi feito bem, digo isto porque, quem não reconhece as falhas não está disposto a corrigi-las”, sublinhou.

Esclareceu que a actual conjuntura económica resultante da baixa brusca do preço do barril de petróleo no mercado internacional inviabilizou a concretização de várias acções no âmbito da melhoria das condições de vida da população.

Apesar da situação, disse, esforços foram envidados pela administração municipal que permitiram a solução dos diversos problemas que afligiam a população na mesma região, permitindo a inauguração de postos de saúde e escolas.

Via Angop

Comentário

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*