Discurso cauteloso marca abertura das festividades dos 103 anos do Bungo

Imagem da Administra4âo do Bungo.

Por Alfredo Dikwiza

Uíge, 03/08 (Wizi-Kongo) – Em dia de seu inicio, as festividades dos 103 anos de existência da vila do Bungo, 78 quilómetros a norte da cidade do Uíge, foram marcadas com um discurso cauteloso proferido pelo administrador municipal local, Panzo Joaquim, durante o culto de ação de graças que reuniu igrejas reconhecidas pelo Estado angolano.

Na sua intervenção, Panzo Joaquim baseou o seu discurso em três vertentes, sendo a primeira relacionada para agricultura, a outra para o fomento a pequenos negócios e por último tendo louvado a iniciativa e contributo das igrejas no seio das famílias. Destacou a agricultura como sendo a base decisiva no desenvolvimento dos países e, para tal, a sua administração aposta, igualmente, neste sector porque a circunscrição do Bungo possui um clima e solo arável para actividade agrícola, bem como para pecuária.

Com isso, disse, criar o fomento de pequenos negócios relacionados no empreendedorismo sob maneiras a incentivar a juventude local a engajar-se no processo da diversificação da economia e financeira que Angola enfrenta. Quanto as igrejas, o administrador, louvou a iniciativa das mesmas por serem parcelo do Estado angolano que desempenha um papel fundamental na pacificação dos espíritos na educação cristã e na moralização da sociedade para o bem-estar da população local.

“Nós agradecemos este papel desempenhado por parte das igrejas e esperamos que as igrejas continuam nos ajudar aos vários domínios que a administração do Bungo encontra-se comprometida, com vista a garantir o desenvolvimento que se espera a nível local”, observou. Panzo Joaquim lançou o convite no ar no sentido dos munícipes e não só juntarem-se as festividades dos 103 anos de existência da vila do Bungo, na base do amor ao próximo, dedicação e respeito mútuo, numa altura em que as mesmas festividades vão na sua sétima 7ª edição, que, este ano estão a ser comemorados sob lema “Bungo 103 anos, ontem, hoje, amanhã, unidos rumo ao desenvolvimento”.

A vila Bungo foi fundada aos 6 de Agosto de 1916, possui uma área de 2156km2, habitada por cerca de 40 mil pessoas. A circunscrição do Bungo é limitada ao norte pelo município da Damba, a este pelo município de Sanza Pombo, a sul pelas circunscrições de Púri e Negage, estando a oeste limitado pelos municípios de Mucaba e Uíge. A activiade agrícola, pesca, caça e pequenos comércios são as principais exercidas pela população do Bungo, que possui a comuna sede, com o mesmo nome.

Na agricultura produzem as culturas da mandioca, ginguba, batata-doce, batata rena, hortícolas, yame, milho, café, bananal e muito mais.

Comentário
Fichier hébergé par Archive-Host.com

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.