Acidente de viação causa dois mortos e seis feridos no Kimbele

Por Joaquim Junior
O Serviço de Investigação Criminal (SIC) deteve no Uíge vinte e cinco presumíveis autores de delitos, dos quais dois são acusados de homicídio seguido de roubo de duas viaturas, com recurso a arma de fogo.O porta-voz do SIC, sub-inspector Matondo Xavier, disse que os dois supostos criminosos dedicavam-se ao roubo qualificado de viaturas, tendo a última acção ocorrido no dia 6 de Junho, no troço Uíge/Songo, em que foi vítima um homem de 46 anos.“Tudo aconteceu quando os presumíveis meliantes solicitaram serviços de aluguer de uma viatura de marca Mitsubishi Canter de cor branca, para os transportar ao município do Songo. Nas imediações das Três Casas, decidiram parar a viatura e dispararam mortalmente contra o motorista Pedro Neves. Os mesmos apoderaram-se da viatura e levaram o corpo do malogrado para lugar incerto”, informou o porta-voz.

Entre os presumíveis criminosos, quinze são acusados de roubo e furtos qualificados, tráfico de estupefacientes, uso e porte de arma de fogo sem licença ou autorização, ofensas corporais com armas de fogo e a violação de uma menor de 12 anos de idade.

Segundo o porta-voz, as investigações realizadas em Agosto culminaram ainda com a apreensão de duas viaturas, armas do tipo AKM com os respectivos carregadores e cinco armas de fabrico artesanal. Foram também apreendidos três televisores, dois amplificadores de som, trinta munições, um DVD, vinte e cinco quilos de liamba, dois geradores, um rádio com colunas, uma botija de gás, quatro plasmas e uma ventoinha.

Os comandantes dos dezasseis municípios da província do Uíge participam num seminário de capacitação sobre expediente policial e cartilha do piquete. Outros temas, como metodologia dos postos de controlo, matriz de avaliação de segurança pública e enfrentamento policial, também estão em debate.

O segundo comandante provincial da Polícia Nacional para a Ordem Pública, subcomissário David Chitundo, disse que a corporação tem como missão combater a delinquência, prevenir o  crime e gerir as actividades policiais comunitárias, assim como efectuar a recolha, o tratamento das informações e a implementação do policiamento de proximidade, ajustado à realidade.

Via JA

Comentário
Fichier hébergé par Archive-Host.com

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*