Aldeia Kivita conta com instituto médio e centro materno

Uíge – A aldeia Kivita, na província do Uíge, vai contar a partir de 2020 com o primeiro instituo médio politécnico, de doze salas de aulas, e um centro materno infantil, cuja primeira pedra foi lançada hoje, segunda-feira, pelo governador local, Pinda Simão.

A construção dos dois empreendimentos sociais, da responsabilidade da empresa privada Estefil, está orçada em 100 milhões de kwanzas e a conclusão das obras vai durar um ano.

O instituto terá capacidade para albergar mil e 200 alunos, que vão se especializar nas áreas de Informática, Construção Civil, Telecomunicações e Agronomia.

A infra-estrutura contará com laboratórios, refeitório, gabinetes, sala para professores, casas de banho, campo de jogos, parque de estacionamento, zonas verdes, entre outros compartimentos.

Já o centro materno infantil terá área de pediatria, de ginecologia, de medicina geral e outros serviços, além de parque de estacionamento, zonas verdes e espaço de lazer.

Na ocasião, Pinda Simão considerou a iniciativa uma mais-valia para melhoria das condições dos habitantes daquela comunidade.

Disse que a entrada em funcionamento destes dois empreendimentos sociais vai ajudar a melhorar a qualidade de saúde e de ensino na região, facto que contribuirá para o bem-estar da população e desenvolvimento da comunidade.

Já o presidente Conselho de Administração da Estefil, Estêvão Kalandula, fez saber que a iniciativa visa minimizar a carência dos serviços sociais na aldeia Kivita e nas regiões circunvizinhas.

“A população desta zona tem de percorrer vários quilómetros na busca de serviços de saúde e de ensino, com a conclusão destas obras, poderemos atenuar esse problema”, ressaltou.

A aldeia Kivita, localizada a 19 quilómetros da cidade do Uíge, capital da província com o mesmo nome, possui uma população estimada em mil 501 habitantes, maioritariamente camponeses.

Via Angop

Comentário
Fichier hébergé par Archive-Host.com

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.