Cidade do Uíge acolhe campeonato nacional de Boxe

Fotografia: Domingo Cadência| Edições Novembro

Por Alfredo Dikwiza

Uíge, 25/05 (Wizi-Kongo) – Oito províncias, inclusive a anfitriã (Uíge), das 18 que correspondem Angola, participam desde quinta-feira (24), no campeonato nacional de Boxe, com palco na cidade do bago vermelho, numa iniciativa da Federação Angolana da modalidade em parceria com associação local e do governo provincial.

Entre as presentes, mormente, consta nome do Uíge, Cabinda, Huila, Kuanza-Norte, Luanda, Benguela, Moxico e Zaire, com um total de 106 pugilistas, sete dos quais atletas femininas, cuja combates decorrem no Pavilhão do Futebol Clube do Uíge, localizado na rua do Comércio, face a face com o Cine Ginásio local.

Iniciado nesta quinta-feira (24), nas primeiras horas da noite, a prova assistiu 24 combates, correspondentes nas categorias dos + de 56, 60, 64 e 69 kgs, um campeonato que terá conclusão no próximo domingo (27).

As honras da casa na abertura do campeonato coube ao pugilista da seleção do Uíge, Isaac Zeca, na categoria dos 56 kgs, que, fez juiz ao estatuto caseiro, recebeu e derrotou em ring, Kilombo Massamba, do Cuanza-Norte, por (2-1), deixando de parte a vizinhança que os une de uma província da outra (Uíge, Cuanza Norte e vice-versa).

O lutador do Exercito, José Graciano, na categoria dos 56kgs, despachou Glozini Muni, do Golf II por (3-0). Na mesma categoria, isto é, 56kgs, as competições prosseguiram com Ngalaca Sedrica, do Chicago que venceu Agostinho Cabaço, da Escola do Palanca (2-1), Tiago Capesso, da Vinde a Mim (Luanda), derrotou Fernando Mpuco, de Cabinda, por 2-1, já Faustino Munanga, da Selecção de Cabinda vencera o
Dialingana Fudianga, do Zaire, por 3-0.

Noutra categoria, 60 kgs, Pascoal Maica, do Electro do Lobito e João Tuba, do Leão do Palanca , respectivamente, venceram os adversários Simão Ngoma, da Selecção de Cabinda e Lando Capela, atleta individual, por 2-1 e 3-0. Por sua vez, Leoanardo Pambo, do Golf II, perdeu com Hélder Liduema, por 3-0, Victor Gracia, do Team Elite, venceu Nzinta Bossa, da Selecção do Zaire, pelo mesmo resultado, já Fonseca Gueló, do Kuanza-Norte e Fernando Pucuta, do Comando do Exercito, triunfaram diante do
Wetucala Domingos, da Selecção do Uíge e Mutunda Ninguica, do Moxico, por 3-0, respectivamente.
Francisco Mbongo, da Escola do Palanca, ainda na categoria dos 60kgs, venceu Monaca Mavedica, do Chicago (Luanda), por 3-0.

Já na categoria dos64 kgs, Lebro Monga, do Moxico, perdeu diante do Enoque Ilombo, de Negage, 0-3, Pedro Fula, Time Puna (Cabinda), derrotou Geremias João, por 3-0, José Avelino, da Ende do Lobito, perdeu diante do Cadima Sergio, do Inter de Luanda, por 0-3, Delcio Milonga, do Exercito, venceu Mafetu Kussadila, do Vinde a Mim, por 3-0, Simão Catete, do Golf 2, perdeu diante de Evander Salvador, da Selecção de Cabinda, por 3-0, enquanto que Nsosso Antonio e Ismael Moxi, do Uíge e Leão
Palanca, foram derrotados pelos atletas Carlos Zinga e Bento Luzo, do Uíge e Zaire, respectivamente.

O reverente, Nftal Goma, da Selecção de Cabinda e João Pedro Massola, do Bull Bigs (Luanda), na categoria dos 69 kgs, derrotaram sem apelo e nem agrado, com KO, os pugilistas Simão Zola, do Zaire, e João Paulo, do Inter da Huila, respectivamente.

Por sua vez, João António, do Inter de Angola, venceu Eugénio Bartolomeu, do Exercito, por 2-1, e Ismael Moxi Cristóvão, do Leão do Palanca, derrotou Bento luzolo, do Golf 2, por 3-0.

Hoje, no segundo dia da prova, os combates prosseguem.

Comentário

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*