Inter Clube sagra-se campeão de boxe no Uíge

Por Alfredo Dikwiza e Jeremias Kaboco

Uíge, 27/05 (Wizi-Kongo) – Com dez medalhas, seis das quais de ouro, duas de prata e igual número de bronze, a equipa do Inter Clube de Angola, sagrou-se hoje, domingo, nesta cidade, campeão da 25ª edição do campeonato nacional de Boxe sénior unificado.

Na segunda posição, com nove medalha, três das quais de ouro, quedou o conjunto do Electro do Lobito (Benguela), numa prova que teve inicio na quinta-feira (24), com presença de oito provinciais, em representação das demais regiões que compõem Angola (18). A selecção de Cabinda, com cinco medalhas, das quais uma de ouro, ocupou a terceira posição da tabela geral de classificação, onde a selecção provincial do Uíge, aparece na oitava posição, com duas medalhas apenas de bronze, entre as 22 presentes na prova.

Em quarto lugar, surge o Kwanza Norte, com quatro medalhar, duas de prata e igual número de bronze, legando a formação do Team Elite para a quinta posição, com uma medalha de prata. Assim sendo, és como ficou posicionada a classificação das restantes equipas: Chicago Bul, duas medalhas, bronze (6ª posição, Exercito, duas medalhas, bronze (7ª posição), Leão Palnca, uma medalhas, bronze (9ª posição), Bull Big, uma medalha, bronze (10ª), África Golf 2, uma medalha, bronze (11ª), Selecção do Zaire, uma medalha, bronze (12ª), ENDE do Lobito, Escola de Negage, Escola do Palanca, Individual (Jeremias João), Individual (Lando Capela), Lândana de Cabinda, Seleção da Huila, Team Puma e Vinde a Mim, sem qualquer ponto, quedaram na 13ª, 14ª, 15ª, 16ª. 17ª. 18ª, 19ª, 20ª, 21ª e 22ª posição, respectivamente.

Tal como nos homens, em feminino, o Inter Clube, igualmente, sagrou-se campeão com três medalhas, duas dos quais de ouro, legando para segunda e terceira posição as equipas do Kwanza Norte e Escola do Palanca, com três e uma medalha, sendo o Kwanza-Norte, ter rebatado uma medalha de ouro e igual número de prata e bronze. Dadiva Marusia Rose, na classe feminina, foi distinguida como a atleta mais simpática da prova, já Naftal Goma, dos 63 kgs, pugilista masculino, da selecção de Cabinda, foi distinguido como melhor atletas do campeonato, enquanto João António, do Inter Clube, na categoria dos 69 kgs, foi distinguido como atletas mais combativo da 25ª edição do nacional da modalidade.

Por individual, no feminino, na categoria dos 60 kgs, Juliana António, do Kwanza Norte, subiu ao pódio, com medalha de ouro, assim como na categoria dos 64 e 69 kgs, as pugilistas do Inter Clube, igualmente, somaram as medalhas de ouro. Já, Suzana Esteves, dos 60kgs, do Inter Clube, alcançou a medalha da prata, tal como aconteceu com Nianda Vunda e Sara Fernandes, nas categorias dos 64 e 69 kgs, ao inscreverem seus nomes na lista das vencedoras de medalhas de prata. Luzolo Cristina, do Kwanza Norte, na categoria dos 60kgs, ficou com a medalha de bronze.

Para os homens, por individual, inscreveram seus nomes com medalha de ouro, nas categorias de 49, 52, 56, 60, 64, 69, 75, 81, 91 e +91 kgs, os pugilistas do Inter Clube, Electro do Lobito e Selecção de Cabinda, nomeadamente, Miguel Kembo, Nuno Lemos, Vivaldo Rodrigues, Victor André, João Gomes, Naftal Goma, Raimundo Vidal, Kiala Júnior, Kazima Ladica e António Miguel.

Enquanto Evanilson Rocha, Pedro Muanza, Faustino Mananga, Victor Garcia, Carlos Nzingo, Pamelo Nsiona, Nsinga Lando, Faria Mbongo, Daniel Beta e Simão Mayungo, nas categorias de 49, 52, 56, 60, 64, 69, 75, 81, 91 e +91 kgs, em representação das equipas do Kwanza Norte, Electro do Lobito, Cabinda, Team Elite e Inter Clube, medalharam com prata. Para as mesma categorias, mas na medalha de bronze, ficaram os pugilistas de Cabinda, Uíge, Exército, Electro, Inter Clube, Kwanza Norte, Chicago e Leão, mormente, Juvenal Mbundo, Cavungo Nguinamau, José Graciano, Pascoal Maica, Cadima Sérgio, Baco Vemba, Gabriel António, João Romano, José Nhampala e Euclides Oliveira.

Fernando Modeco, Pedro Fuidimau, Ndalalaka Sedrick, Fonseca Guelor, Evalder Salvador, João António, Cahongo Pedro, Mbengui Dombele e Jordão Moti, nas
referidas categorias, em representação das equipas do Electro, Bull Bings, Chigago, Kwanza Norte, Cabinda, Zair e Inter, também ficaram com o bronze no peito.
A próxima edição, isto é, 26ª do campeonato nacional unificado sénior, será realizado na província de Cabinda, segundo disse no fim da prova, ao Wizi-Kongo, o presidente da Federação Angolana de Boxe, Carlos Luís. A 25ª edição acolhida na cidade do Uíge, decorreu no Cine Ginásio, na rua do Comércio, sob responsabilidade da FABOX, em parceria com associação provincial da modalidade e do governo local. Cuja prova teve começo nesta quinta-feira e conheceu seu desfecho hoje domingo, com presença de oito províncias de Angola, num total de 106 pugilistas, entre homens e mulheres.

Comentário

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*