Mpinda Simão com dias contados

Por Alfredo Dikwiza

Uíge, 07/11 (Wizi-Kongo) – Dentro de poucos meses, no máximo cinco, Mpinda Simão deixará de ser governador provincial do Uíge, o que faz com que esteja com dias contados na terra do Bago Vermelho, soube hoje, quinta-feira ao Wizi-Kongo fonte próxima do governador.

Mpinda Simão, por vontade própria, escreveu ao seu superior hierárquico, no caso, o presidente da república de Angola, João Lourenço, solicitado sua reforma, tendo essa decisão aceite de emediato, mas remarcada apenas para a sua efetivação no próximo ano/2020, concretamente, no intervalo dos meses de Fevereiro/ Março, segundo contou fonte próxima do actual número um do Uíge.

O seu sucessor, disse, é um filho também desta região, mas actualmente se encontra a ocupar um dos cargos em Luanda, num dos ministérios, cujo nome do próximo inclino no governo do Uíge, não avançou, igualmente, do ministério onde se encontra a labutar.

A ser concretizado, Mpinda Simão, que substituira Paulo Pombolo, deixará de ser governador, três anos depois, num cargo em que foi nomeado em 2017, depois de João Lourenço ser confirmado como presidente de Angola.

Antes, Mpinda Simão, exercia as funções de Ministro da educação, ciências e tecnologia.

Comentário
Fichier hébergé par Archive-Host.com

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.