Pinda Simão quer escolas a promover cultura do Uíge

PINDA SIMÃO, GOVERNADOR PROVINCIALFOTO: DOMINGOS NICOLAU

Uíge – O governador Pinda Simão exortou, nesta terça-feira, a comunidade escolar a ser o universo privilegiado para a prática efectiva da cultura angolana, em particular dos povos do Uíge.

O apelo foi apresentado na cerimónia provincial do 8 de Janeiro, Dia da Cultura Nacional, tendo acrescentado que tal desafio deve ser feito “para que ela (cultura local) se perpetue para sempre, assegurando, por esta via, a melhor estratégia de enriquecimento mútuo”.

Para o efeito, disse o responsável, o governo do Uíge, tem vindo a evidenciar esforços para a valorização e preservação das línguas nacionais, fruto disto o ensino da língua kikongo já é uma realidade em muitas escolas do ensino primário a nível dos 16 municípios da província.

Ainda no mesmo âmbito, referiu, estão em curso esforços para que outras escolas de diferentes subsistemas de ensino sejam abrangidas, bem como para a integração do ensino do kimbundo e umbundo, numa segunda fase.

Segundo o governador, “a cultura deve ser entendida e usada no seio das comunidades angolanas como força que as une para manutenção da paz e harmonia que todos almejamos”, tendo apelado a todos para a sua preservação, para que as gerações futuras tomem conhecimento de facto do percurso das práticas e costumes dos diferentes povos de Angola.

Pinda Simão, que falava no acto provincial do Dia da Cultura Nacional, destacou a necessidade de, neste processo, se resgatar os valores cívicos, morais, culturais e a língua, como principal elemento da identificação de uma cultura e de um povo.

Referiu que o governo trabalha para impulsionar a cultura local, exemplificando o recente registo, como património histórico cultural nacional, a antiga Missão do Kikaya da Igreja Evangélica Reformada de Angola (IERA) e a ex-cadeia da PIDE-DGS, ambas no município sede da capital do Uíge.

Via Angop

Comentário
Fichier hébergé par Archive-Host.com

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*