Quinze pessoas morrem de cólera em dez meses no Uíge

Uíge – Quinze pessoas morreram de cólera, nos últimos dez meses, na província do Uíge, dos mil e 55 casos desta doença registados na região, disse a directora do Gabinete Provincial da Sáude, no Uíge, Madalena Diogo.

Segundo a responsável, de Dezembro de 2017 a Junho do presente ano, foram registados pelas autoridades sanitárias 899 casos, tendo provocado treze óbitos. Já em Setembro do presente ano, com o ressurgimento da doença, registou-se até a presente data, 156 casos e dois óbitos, totalizando os 1.055 casos.

Avançou existirem equipas criadas para o combate da doença e que estão a mobilizar,  em campanhas,  a população nos bairros periféricos para o reforço de medidas de prevenção com vista a estancar-se a cólera.

“A comissão técnica provincial e comunitária de luta contra as epidemias tem desenvolvido esforços através de sessões de sensibilização e palestras, reuniões comunitárias, distribuição de comprimidos para  água, desinfestação de cacimbas e reabilitação de fontenários “, disse Madalena Diogo.

Reiterou a necessidade do reforço das medidas de prevenção nas comunidades.

Os bairros Caquiuia, Orlando da Fonseca, Bem vindo, Candombe-Novo e a aldeia Kibianga, todos no município do Uíge, continuam a liderar o epicentro da doença, ao nível da província.

Via angop

Comentário
Fichier hébergé par Archive-Host.com

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*