Recomendado no Uíge ajuste do Plano de Combate à Pobreza

Uíge – As Administrações Municipais da província do Uíge foram recomendadas hoje (quarta-feira), nesta cidade, a ajustarem os Planos Integrados de Desenvolvimento e Combate à Pobreza de acordo com as necessidades das populações locais e dos seus limites orçamentais e financeiros.

Segundo o comunicado final da II Sessão Ordinária do Governo Provincial, deve-se inicialmente priorizar nesta planificação a execução de acções ligadas à agricultura, aquisição de medicamentos, sistemas de abastecimento de água e luz eléctrica, melhoria das vias de comunicação e à assistência aos antigos combatentes.

No encontro orientado pelo governador Pinda Simão, recomenda-se ainda que o  Relatório do Programa Integrado de Desenvolvimento Local de Combate à Pobreza de 2019 espelhe o impacto da sua acção junto da população, que se coloque a disposição da população às obras públicas concluídas e se garanta o pagamento das rendas das infraestruturas do Estado ocupadas por terceiros.

Durante a sessão, os participantes trataram ainda da questão do processo de inscrição dos produtores agrícolas no Portal de Produção Nacional e o Programa de Apoio ao Crédito (PAC), a aquisição de 50 tractores para o fomento da agricultura mecanizada, o programa da fazenda individual e do loteamento e distribuição de terrenos.

A avaliação dos casos de sinistralidade e calamidades naturais, o licenciamento de cooperativas de exploração semi-industrial de diamantes na região e as plataformas digitais de comunicação e informação do Executivo local, foram igualmente analisados na II Sessão Ordinária do Governo Provincial do Uíge.

Participaram da reunião realizada hoje na cidade capital da provincia, os vice-governadores, seus assessores, administradores municipais e seus adjuntos, delegados, directores e técnicos e quadros seniores do Governo.

Via Angop

Comentário
Fichier hébergé par Archive-Host.com

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.