Santa Rita de Cássias do Uíge perdeu em casa contra Bravos do Maquis do Moxico.

Uíge – A equipa do Santa Rita de Cássias do Uíge perdeu hoje, domingo, no estádio 4 de Janeiro, nesta cidade, por 0-1, diante do Bravos do Maquis, em jogo a contar para a 19ª jornada do Campeonato Nacional de Futebol, Girabola 2019/20.

Estádio: 4 de Janeiro.

Equipa de arbitragem:

Principal: Sabino de Carvalho

Assistentes: Pedro Futa e Ladislau Miguel (Luanda)

Resultado ao Intervalo: 0-0

Resultado Final: 0 -1

Marcha do marcador:

Mussumari, 82 min

Equipas:

Santa Rita FC: 01 Carlos, 5 Sebas, 10 Milanbo, 17 Jamuána, 3 Zeza, 7 Lazi, 29 Norberto, 11 Emilson, 28 MC (27 Makuita, 85 min), 26 Nash  (13 Lucas, 73min).

Suplentes não utilizados: 16 Toy, 4 Crespo, 24 Mufuma, 33 Mafuta

Treinador: Marcos Alberto Chivinda

Bravos do Maquis: 22 Landu, 14 Vado (11 Estevão, 68 min), 5 Wiwi, 4 Fábricio, 28 Zé Panzo (25 Germano 58 min), 18 Gazeta, 2 Gaca, 20 Amaro, 17 Dabanda, 16 Miro, 30 Mussumari (08 Lourenço, 86)

Suplentes não utilizados: 12 Agostinho, 6 Adérito, 19 David, 26 Mayungo

Treinador: Zeca Amaral

Acção disciplinar:

Amarelo: 11 Emilson, Santa Rita, 85 min.

Assistência: cerca de mil 500 espectadores.

Treinador-adjunto do Bravos do Maquis valoriza esforço da equipa

 O Treinador-adjunto do Bravos do Maquis, Simão Paulo, valorizou hoje, domingo, o esforço da sua equipa, que levou à vitória de 1-0 diante da sua simílar do Santa Rita de Cássias do Uíge, no jogo da 19ª jornada do Girabola 2019/20.

Segundo o técnico auxiliar de Zeca Amaral, a turma do Moxico pretende manter-se entre os cinco primeiros lugares da prova “e ao atingirmos agora o terceiro lugar, isto é bem-vindo”, atendendo os esforços da direcção do clube, sustentou.

Simão Paulo reafirmou ainda a continuação do trabalho que têm realizado, com vista a superar os próximos adversários e manter a equipa numa boa classificação nesta época desportiva.

A equipa do Moxico, com esta vitória, alcança o terceiro lugar da prova, com 31 pontos, enquanto que, o Santa Rita, é o último, com 12 pontos, na 15ª posição.

Girabola 2019/20: Falta de concentração na base da derrota – treinador Santa Rita

O treinador do Santa Rita do Uíge, Marcos Alberto Chivinda, apontou hoje, domingo, à falta de concentração como a base da derrota da sua equipa, por 0-1, diante do Bravos do Maquis, no jogo da 19ª jornada do Girabola-2019/20.

No final da partida realizada no estádio 4 de Janeiro, na capital provincial, o técnico diz a equipa estar bem e desmente rumores de mal-estar no balneário, que disse “não passam de buatos”.

Entretanto, em seu entender, o Santa Rita ainda tem condições de se manter no Girabola, atendendo a sua actual evolução, defendendo, contudo, muita união na equipa e muito trabalho.

Já no seio dos adeptos, continua a reinar o descontentamento pela constante onda de resultados negativos, que poderá levar a equipa a deixar de estar presente no próximo campeonato nacional, visto ser o actua último classificado da competição nacional.

Comentário
Fichier hébergé par Archive-Host.com

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.