SIC prende membros de grupo de marginais violentos

Uíge – O Serviço de Investigação Criminal (SIC) deteve recentemente, na província do Uíge, dez membros de um grupo de supostos marginais denominado “Os Tague A”, caracterizado por realizar acções violentas contra as suas vítimas.

Os presumíveis marginas, que foram apresentados hoje, terça-feira, à imprensa, efectuavam as suas acções em bairros da periferia da cidade do Uíge, principalmente no Dunga e Mbemba Ngango, respectivamente.

Na ocasião, o porta-voz da Delegação Provincial do Ministério do Interior do Uíge, Daniel Matias, disse que o grupo é acusado de ter colocado ferro de engomar quente no peito de uma cidadã de 40 anos de idade, tendo-lhe causado ferimentos graves, e disparado com arma de fogo contra uma adolescente de 17 anos, por ter resistido entregar valores monetários.

Informou que em posse dos presumíveis meliantes foram encontradas quatro armas de fogo do tipo AKM, caçadeira de fabrico artesanal, catanas, electrodomésticos diversos, entre outros bens.

“O grupo efectuava assaltos à mão armada, roubos, furtos, violação de menores, homicídios voluntários e uso de estupefaciente”, ressaltou.

Durante a operação, salientou, foi igualmente recuperada uma viatura ligeira de marca Chevrolet, modelo Spark, furtada em Luanda.

Referiu que no período de 1 a 21 deste mês, o SIC deteve 24 cidadãos supostamente acusados de realizarem crimes nos bairros Candombe Velho, Novo, Mbemba Ngango, Dunga e Papelão, nos arredores da cidade do Uíge.

Via Angop

Comentário

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.