Técnico Marcos Chivinda demitido do Santa Rita do Uíge

Uíge – O técnico principal do Santa Rita de Cássias do Uíge, Marcos Alberto Chivinda, foi hoje, domingo, demitido do cargo de técnica principal do clube, após perder por 0 -1, com o Bravos do Maquis, do Moxico, em jogo da 19ª jornada do Girabola 2019-20.

A informação foi confirmada no estádio 4 de Janeiro, pelo presidente de direcção do grémio católico do Uíge, Nsolani Pedro, por continuados maus resultados, que afectam os objectivos de continuação na prova maior do futebol nacional.

Segundo o líder do clube, “no jogo de hoje, perdemos à partida no banco”, afirmou, lamentando as substituições feitas, a equipa eleita para defrontar o Maquis, assim como as incompreensões já verificadas no jogo contra o Interclube de Angola, sustentou o responsável visivelmente insatisfeito.

Entretanto, de momento, o Santa Rita de Cássias será treinado pelo grupo de técnicos adjuntos Almério Cristovão Bony e João Paulo, que assumem o comando técnico dos atletas até a nomeação do novo treinador principal, anunciou Nsolani Pedro.

No inicio do presente Girabola, o treinador ora demitido, havia sido contratado em substituição de Almério Cristovão, com objectivo de manter a equipa estável na competição, o que não tem vindo a acontecer e que desagrada a direcção do clube.

Para a 20ª jornada, a turma do Uíge defronta em Luanda o actual líder do campeonato, o 1º de Agosto, mais um desafio muito difícil para a equipa católica, que mantêm-se no último lugar da classificação geral, continuando numa onda de maus resultados.

Via Angop

Comentário
Fichier hébergé par Archive-Host.com

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.