Viver na Centralidade do Kilumoso nem tudo é mar de rosa!

Por Samuel Makumbu Narciso.

Quem vê a centralidade do Kilumosso pensa que é tudo mar de rosa engana-se.

Existem alguns problemas que são motivos de inquietação para os habitantes, começando por uma epidemia de Malária que enfraquece os pés e provoca dôr no pescoço, quase todos os moradores queixam-se do mesmo sintoma, eu mesmo já fui vítima e neste momento estou outra vez com paludismo.

1- Só existe um contentor de lixo e fica 3 ou 4 dias cheio, provocando moscas e cheiro, como vocês podem ver nas imagens este lixo é apenas de ontem para hoje.

2- O hospital ainda não funciona e não tem internamento.

3- As lojas que fora comercializadas até agora não funcionam, obrigando os moradores deslocarem-se a velha cidade para fazer compras.

4- A falta de iluminação na via principal que dá acesso à centralidade, começando a partir dos escritórios do Kora até ao portão principal, aquele troço pode ser um autêntico esconderijo para os assaltante,s principalmente no período noturno.

Precisamos urgentemente a intervenção do administrador da centralidade.

Via facebook/Samuel Macumbo Narciso.

Comentário
Fichier hébergé par Archive-Host.com

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*