Destino Pedro NSEVILU – O mwana Wizi na INTERPOL

Destino PEDRO NSEVILU, ao nascer em 30 de Agosto de 1969 em Kinsakala, na sede do município da Damba, lhe foi dado o nome de NSEVILU ZA KINSAKA. É filho de Pedro NZOLUVONDA (Kanda Kikangi) e Nsimba YUNDULA (kanda Kilozi), ambos naturais da regedoria de Kinsakala.  Neto do Nfumwa ANDRÉ YUNDULA soba do Kingyeki-Kinsakala.

Dados Acadêmicos

Licenciado em Língua Inglesa no ISCD Luanda em 1999;

Diploma de Pós-Graduação em Direitos Humanos, Universidade de Antwerp na Bélgica em 2001;

Mestre Governação e Políticas de Desenvolvimento 2003—2005 Universidade de Antwerp _Bélgica:

Mestre em Política Internacional, Operação em Conflitos é Estudos Para Paz Sustentável Universidade Católica de Louvain – Reino da Bélgica, Doutorando em Segurança Estratégica Internacional pela American University of London, desde 2015, depois de cancelar um outro Doutorando na Universidade de Leuven, por razões finaceiras.

Mais de uma dezena de formações especializadas no âmbito de segurança, ordem interna, cooperação Internacional nos domínios de segurança e da INTERPOL, na França, Grécia, Portugal, Rússia, Egipto, África do Sul é outros.

Fala perfeitamente, Inglês, Espanhol, Holandês e Kikongo, Francês, Holandês (be) É tradutor e intérprete ajuramentado em Angola, e de algumas organizações internacionais, SADC, INTERPOL, AFRIPOL e da União Africana.

Carreira Profissional

Ingressou nas ex_combatentes FAPLA, aos 16 anos em 11 de Maio de 1985, no mesmo ano após recrutar na Academia Interarmas das FAPLA, Comandante Gomes Spencer MANDOZE, foi na República de Cuba aonde em 1988, se Graduou, na especialidade de Mando Táctico de Tropas Blindada, ” Comandante de Unidades de Tanques de Guerra.

Regressado à Angola em Agosto de em 27.07. 1988, patenteado a Subtenente em 01.08.1988, foi desembarcado no mês seguinte na Quinquagésima Sexta Brigada das FAPLA na zona do Chambinga no Cuito Cuanavale para comandar a Companhia de BPM1 afeita aquela Brigada.

Em Março de 1989, foi colocado no 3° Grupo Táctico do Cuito Cuanavala com Chefe de Companhia de Tanques,  função que desempenhou até 1989. Participou em duas céleres operações a Independência e  Zebra em direcção a Mavinga,  Jamba e em vários combates nas regiões do Cuito Cuanavale, Chambinga, Baixo Longa e nas imediações da Mavinga.

Tem cicatriz de telhaços de projectis no corpo, é para quem conhece o Cuito Cuanaval, depois de travessar o rio Cuito na chama depois de um 10 Kilometros, há dois tanques de guerra T54 destruídos, o segundo foi meu, estava no interior quando foi destruídos.

Em 1991, após os Acordos de Bicesse, voltei para Luanda e sem desmobilização foi encaminhado para a Polícia Nacional, integrando os quadros da Investigação Criminal, onde faço carreira, tendo exercido várias funções. As últimas três foram de Chefe de Repartição de Cooperação Internacional do Ministério do Interior; Chefe de Departamento Científico do Instituto Superior De Ciências Polícias; Director do Gabinete Nacional da INTERPOL/Angola desde 2013.

No mundo acadêmico.

Foi chefe de departamento de relações internacionais e ciências jurídicas da Universidade Técnica de Angola (UTANGA).

Foi docente das cadeiras de gestão é resolução de conflitos; Estudos estratégicos é de segurança internacional; Geopolítica e geoestratégia – Universidade Angolanas: UTANGA, Oscar Ribas e CIS.

É formador regional da SARPCCO/SADC para as operações de paz, responsável pela formação dos oficiais da polícia nacional para as operações de paz.

É  coordenador do curso de comando liderança das polícias na SADC.

É orientador de Trabalhos e conferencista na escola superior de guerra das FAA.

Tem dois livros publicados,vencedor do primeiro Prémio Científico da Polícia Nacional em 2015  e o as “Operações de Paz” O Grande desafio da política externa a ngolana, uma abordagem teórica conceptual.

Esta obra é um acumulado das minhas duas teses de mestrado nas Universidades de Antuérpia é de Leuven e alguns artigos.

Comentário
Fichier hébergé par Archive-Host.com

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*