Responsável quer divulgação da batalha de Ambuila

Uíge – O director provincial da Cultura no Uíge em exercício, Moisés Mateus Feliciana, apelou terça-feira, na aldeia Zonda, município de Quitexe, a população no sentido de continuar a primar na divulgação do sitio dos acontecimentos da batalha de Ambuila à nova geração.

Falando num encontro promovida pelo secretariado provincial da Organização da Mulher Angolana (OMA) no Uíge, no quadro da comemoração da Jornada Março Mulher, Moisés Feliciana disse que os mais velhos devem, cada vez mais, dialogar com os jovens e transmitir à nova geração o que ocorreu na batalha de Ambuila.

O também chefe de departamento da Cultura disse que o local onde ocorreu a batalha de Ambuilo é muito importante e, por isso, não deve ser esquecido pelo seu valor histórico para os angolanos.

Ressaltou que a batalha de Ambuila ocorreu no dia 29 de Outubro de 1665 na aldeia do Zonda, um local que mereceu a classificação pelo Ministério da Cultura.

Adiantou que a cerimónia de reconhecimento foi presidida pela então ministra da Cultura, Rosa da Cruz e Silva, no dia 18 de Abril de 2015, e contou com a presença de várias autoridades nacionais e da província.

Na ocasião, a responsável da OMA, Nazaré dos Anjos Mendes, enalteceu igualmente a contribuição dos heróis e das heroínas da resistência de batalha de Ambuila na luta contra a ocupação colonialista português e de libertação nacional.

Participaram da visita, além das militantes da OMA, autoridades tradicionais, das administrações municipais de Ambuila e Quitexe.

Via Angop

Comentário

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*