Mukaba necessita de três médicos especialistas

Administradora municipal de Mucaba, Maria Fernando Cavungo

Uíge – Três médicos em várias especialidades e 24 enfermeiros são necessários para assegurar a rede sanitária no município do Mukaba, província do Uíge, informou hoje, quarta-feira, a administradora local, Maria Fernando Cavungo.

Em declarações à Angop, a responsável avançou que actualmente conta apenas com três médicos e 25 enfermeiros para atender uma população de 41.008 habitantes (censo de 2014), distribuídos em 53 povoações e uma comuna.

Neste quadro,  realçou que  o sector controla 16 unidades sanitárias, entre postos e centros de saúde e o hospital municipal, apontando a malária como principal causa de morte na região, onde dos cinco mil e 669 casos registados nos últimos quatro meses, 27 resultaram em óbito.

Perante a situação, acrescentou que os técnicos do sector levam a cabo trabalho de sensibilização sobre a prevenção da malária e outras doenças tropicais negligenciadas, com a construção de latrinas e distribuição de mosquiteiros às populações.

A responsável referiu igualmente da construção e apetrechamento de um posto de saúde na povoação de Quitamba e a reabilitação do centro de saúde da comuna do Uando.

O município do Mukaba dista 61 quilómetros a norte da cidade do Uíge, sede capital da província com o mesmo nome.

Via Angop

Comentário
Fichier hébergé par Archive-Host.com

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*