Nsoki participa em festival no Dubai

Cantora angolana premiada na Nigéria actua hoje no One Africa Music Fest no Dubai Fotografia: Vigas da Purificação | Edições Novembro

Depois da passagem pela Nigéria onde conquistou o troféu de Melhor Música Electrónica do Ano, no concurso All Music África Awards, com a canção África Unite, a cantora Nsoki está no Dubai para participar no One Africa Music Fest que acontece hoje, na cidade de Jumeirah.

O evento vai contar com a presença de artistas como o nigeriano Davido (que esteve recentemente em Angola), Tekno, Wizkid, Tiwa Savage, Flavor, Banky W e Diamond Platinumz.

Fruto da sua performance com a música “África Unite”, Nsoki tornou-se, ao longo do ano, numa das principais referências da música angolana fora de portas, factor comprovado pelos inúmeros prémios conquistados em concursos internacionais e nos convites para participar em espectáculos.

A artista, que foi recentemente indicada pelo Ministério da Cultura como embaixadora das candidaturas do Corredor do Kwanza e das Pinturas Rupestres de Tchintudu Hulu como Património Mundial, conquistou os troféus de Melhor Artista Feminina Palop e de Melhor Single Feminino, com o tema “África Unite”, no African Entertainment Awards- USA, Artista Revelação e Melhor Artista da África Central, no África Magazine Music Awards (Afrimma).

Pela recente conquista do troféu de Melhor Artista em Música Electrónica da África, com o tema “África Unite”, no concurso All África Music Awards 2017, o Ministério da Cultura (Mincult) felicitou a cantora Nsoki.

Num comunicado de imprensa o Mincult referiu que, com este troféu, a embaixadora da candidatura do Corredor do Kwanza a Património Mundial da Unesco provou, mais uma vez, o valor da produção musical dos criadores angolanos que nos últimos anos têm dado o melhor de si em prol da divulgação e valorização da cultura nacional.

“Cantora da chamada ‘nova geração’, com estas conquistas em palcos internacionais, fruto de uma aposta na qualidade, Nsoki continua a abrir as portas do mercado estrangeiro à música angolana”, lê-se no comunicado.

Nsoki, que nasceu em 1983, em Luanda, começou a cantar muito cedo, na vertente de música lírica nos Estados Unidos da América (EUA), onde estudou Finanças.

Em 2012, lançou o seu primeiro single intitulado “Meu Anjo”, que teve a participação do músico angolano Nanutu e do cabo-verdiano Johnny Ramos.

Via JA

Comentário

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*