Turistas em visita a província do Uíge

O Uíge tem ainda outros encantos ainda não explorados, que pode servir o turismo. Na imagem de arquivo, lagoa do Mufututu no município do Songo.

Uíge – Um grupo de turistas composto por 28 pessoas, entre angolanos e portugueses, escalou esta sexta-feira, à cidade do Uíge, para se inteirar dos encantos turísticos e paisagísticos da região, bem como trocar impressões sobre a cultura da região

Em declarações a Angop, momentos após a sua chega a província,  o presidente do Club dos Amigos da Picada de Motociclistas, Ilídio Almeida, disse que integram da caravana turistas angolanos e portuguesas e vão permanecer na cidade do Uíge durante três dias.

“Estamos aqui no âmbito das festividades da fundação da cidade do Uíge que se assinala a 1 de Julho do ano em curso, antecipamos a nossa visita porque por imperativo do calendário não estaremos aqui no momento das festas, tendo em conta que o grupo tem viagem internacional para Republica de Moçambique”, disse.

O responsável avançou que durante a sua permanência, o grupo vai partilhar algumas experiências com a população do Uíge, conhecer a cultura da região, descobrir novos pontos turísticos, bem como levar algumas imagem das paisagem da provincia e que possam chamar mais atenção de outros turistas.

“A província do Uíge é rica em paisagens, quando caminhamos quer na via que liga Camabatela para município de Negage, quer a que liga a província do Bengo com o Uíge, nos deparamos com paisagens encantadoras, fantásticas e com uma população acolhedora, por isso, a realidade é convidativa e prometemos cá voltar nos próximos momentos”, acrescentou.

O presidente disse estar informado sobre os locais turísticos que a província ostenta, mas augurou a necessidade de se rever a questão dos acessos para permitir que os visitantes explorem este mesmo potencial.

“Para potenciarmos o turismo na província do Uíge é premente que se trabalhe nos acessos dos pontos turísticos para que nas próximas vezes possamos aqui trazer caravanas de turistas com objectivo de viverem de perto os encantos daqueles locais que hoje estão adormecidos”, concluiu.

A província do Uíge completa 100 anos de existência desde a sua fundação,  a 1  de Julho de 1917,  e possui vários locais turísticos como as grutas do Nzenzo eleitas no programa das sete maravilhas, lagoa do Feitiço (no município do Quitexe), lagoa do Mufututu (no município do Songo), as pedras do Cabarri e outros encantos ainda não explorados.

Via Angop

Comentário

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*