Uige tem cooperativa rural

Por Silvino Fortunato 

A província do Uíge conta com uma cooperativa rural, inaugurada pela secretária de Estado para a Juventude, Guilhermina Mayer Alcaim.

A iniciativa insere-se num programa denominado Coop-rural e visa incentivar o auto-emprego no meio rural, particularmente, no município do Negage.
Segundo Guilhermina Mayer Alcaim, o empreendimento está ligado aos programas do Executivo angolano que visam estimular o emprego nos sectores da agricultura familiar e contempla também a materialização de acções como a construção de tanques para a prática da aquicultura.

O projecto conta já com os seus primeiros 25 tanques, com mais de 25 mil peixes de tipo cacusso, que garantem já emprego a 30 jovens.

O Ministério da Juventude e Desportos tenciona reproduzir a iniciativa em outras paragens da província, acolhendo mais jovens. Gulhermina Mayer Alcaim anunciou, também, que a província vai ter o primeiro núcleo de jovens voluntários no âmbito da programação voluntária do associativismo juvenil, sob égide de um programa que denominou por “Giro”.

A secretária de Estado da Juventude aproveitou a oportunidade para exaltar a recente iniciativa Presidencial que vai permitir a alocação de 21 milhões de kwanzas para a criação de novos empregos, durante os próximos três anos, através do Plano de Acção para a Promoção e Empregabilidade (PAPE).
Para a governante, tal iniciativa contribui para a redução dos índices de desemprego, estimular o empreendedorismo, bem como apostar na formação técnica e profissional da juventude do país.

Vale recordar que a iniciativa vai abranger, directamente, mais de 83.500 jovens, nos domínios do empreendedorismo e gestão de negócios, cursos de curta duração, mercado informal, reconversão de pequenas actividades geradoras de ocupação de renda e formação profissional.

Via JA

Comentário
Fichier hébergé par Archive-Host.com

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.