Universidade Kimpa Vita reage sobre as polémicas das reprovações em conferência de imprensa

Por Jeremias Kaboco

Uíge, 22/05 (Wizi Kongo) – A universidade Kimpa Vita no Uíge, reagiu nesta sexta-feira (21) em conferência de imprensa sobre a polémica das constantes reprovações que se tem registado nos últimos anos naquela instituição do ensino superior.

De acordo os últimos acontecimentos registados na universidade Kimpa Vita, onde estudantes afectos às três unidades orgânicas, nomeadamente faculdade de direito, economia e o instituto politécnico respectivamente, tem mostrado descontentamento do número elevado das reprovações e más praticas por parte de alguns docentes e que resultou em várias ondas de manifestações.

Em resposta a estes factos, Augusto Lunganga, director do gabinete de informação científica e documentação da universidade Kimpa Vita, que falou em conferência de imprensa convocada neste final de semana 21, apresentou o resultado de inquérito da avaliação e veracidade do fenómeno elevado número de reprovações.

Lunganga, disse ser infundadas as acusações que são feitas pelo movimento de jovens universitários de angola e pela associação dos estudantes da universidade Kimpa Vita. O académico foi mais além, em dizer que, diante dos factos em referência ficou provado que as acusações feitas são infundadas pelo facto de não apresentar provas.

No que concerne a subida dos emolumentos na instituição, este baseou-se na lei, mencionando o artigo 10.° do Decreto Presidencial n.°124/20 de 4 de Maio, conjugado com o Decreto Executivo conjunto n.º 55/21 de 03 de Março (Ministério das Finanças e Ministério de Ensino Superior), espelha o destino das receitas arrecadadas no âmbito dos emolumentos.

Dos dados obtidos nas diferentes Unidades Orgânicas da UNIKIVI, desde o ano académico 2013 à 2020-21, observou-se um forte grau de aproveitamento na escala de 80% em geral.

“Precisamos de verdade, porque a verdade é a finalidade da ciência e o fim último das nossas acções a nível institucional é o bem-estar e a felicidade de todos. Quem é feliz é um ser moral e quem é moral, age eticamente logo tem a capacidade de distinguir o bem e o mal” disse Augusto.

Augusto Lunganga, ao terminar a conferência de imprensa disse, de existir interesses inconfessos com objectivo de desacreditar a gestão daquela instituição de ES.

A Universidade Kimpa Vita (UNIKIVI) é uma universidade pública angolana, multicampi, sediada na cidade de Uíge. Com a reorganização da rede de instituições publicas de ensino superior, deixou de existir as regiões académicas, ficando assim, universidade Kimpa Vita desde 2020 (decreto nº 285/2 limitado na província do Uíge, ficando de parte a província do Cuanza Norte.

Comentário

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.