Administrador quer mais empreendedores na área de aquicultura

Shaded relief 3d map of Puri.

Uíge – O administrador municipal do Púri, Pedro Cogi Zua, defendeu hoje, nesta circunscrição, a necessidade de mais empreendedores ligados a aquicultura, para o fomento da pesca.

Pedro Zua que defendeu esse interesse no final de uma visita a três projectos locais de peixes, no quadro do programa de encerramento da jornada de parteiras tradicionais e da família,  disse que a circunscrição controla 38 criadores e 138 tanques repovoados, ao mesmo tempo que considerou existirem na localidade muitas baixas importantes para o desenvolvimento da aquicultura.

O responsável sublinhou que o governo trabalha junto das instituições bancárias para que os criadores de peixes possam receber  créditos para alavancar a aquicultura na circunscrição.

Eliseu Manuel, criador na fazenda Mussagem, informou que, desde o ano de 2011, já comercializou mais de 14 toneladas de peixe, fruto de 37 tanques que possui, repovoados  com 20 mil peixes.

Entretanto, o criador deplorou a falta de laboratórios e câmaras para conservação do pescado na localidade.

Já a  directora da família e promoção da mulher no Uíge, Euladia Lambula Catenda, apelou às mulheres no sentido de se dedicarem a aquicultura para o combate a fome e a pobreza.

O município do Púri, 88 quilómetros à nordeste da cidade do Uíge, possui uma população estimada em 35.492 habitantes.

Via Angop

Comentário

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*