Projecto Maza Yi Moyo realiza inquérito nas comunidades do Songo

Aspecto da vila do Songo

Por João de Almeida Vile

Songo, 13/09 (Wizi-Kongo) – O projecto Maza Yi Moyo – Água e Saneamento liderado pela comunidade, que está ser implementado no município do Songo (Uíge), pela Igreja Anglicana em Angola desde 2016, realizou de 06 a 11 do corrente mês, um inquérito a 830 famílias de 32 comunidades para avaliação o grau de cumprimento das medidas de saneamento básico nas referidas comunidades, informou hoje, quinta-feira, o assistente de monitoria e avaliação do projecto André Matos Simão.

Segundo ele, durante o período em referência, os inquiridores procuraram saber se o projecto está ou não a contribuir para o melhoramento do saneamento básico das localidades onde o projecto já está sendo implementado. André Matos Simão, admitiu que do inquérito feito, deu para perceber que o projecto está a contribuir significativamente no melhoramento do saneamento básico na circunscrição e a população conhece do projecto e está empenhada na construção de latrinas, bem como no tratamento da água para o seu consumo.

Entretanto, o supervisor sobre o inquérito, Manuel da Fonseca disse que 13 inquiridores estiveram envolvidos do processo e colheram dados pertinentes que servirão para intensificar mais ainda as medidas de prevenção contra as doenças de transmissão hídrica. Já os inquiridores dizem que através do inquérito feito, deu para entender que a população conhece bem do projecto e há bons sinais sobre o saneamento básico.

O município do Songo, dista a 40 quilómetros a norte da cidade do Uíge, conta com uma população de 65.362 habitantes distribuídos em 13 regedorias e 81 aldeias com vários anexos.

Comentário
Fichier hébergé par Archive-Host.com

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*