Técnicos do PAV no Songo aprimoram implementação da vacina

Songo – Vinte e oito técnicos dos municípios do Songo, Bembe e Ambuila estão a aprimorar as técnica de implementação de vacinas de poliomielite injectável, sarampo e rubéola, num seminário, aberto quarta-feira, no Songo, 40 quilómetros a norte da cidade do Uíge.

A referida acção formativa tem a duração de três dias e está a ser promovida pela Direcção Provincial de Saúde do Uíge, com vista a capacitar os técnicos que lidam com as vacinas nos respectivos municípios.

Durante os três dias deverão ser ministrados conteúdos ligados à aplicação de vacina da poliomielite injectável, sarampo e da rubéola, no quadro da prevenção com as referidas doenças nas comunidades.

A administradora municipal do Songo, Adelina Alexandre Pinto, que presidiu a cerimonia de abertura, enalteceu a iniciativa do Programa Alargado de Vacinação do Uíge, a julgar pelo impacto positivo que a vacina tem na prevenção de epidemias.

Adelina Pinto reconhece ser benéfico prevenir as doenças do que curar, justificando que quando se previne uma epidemia, gasta-se menos dinheiro na aquisição de fármacos, por isso, garantiu que a administração municipal continuará a trabalhar na prevenção das diferentes doenças.

Apelou, por outro lado, aos formandos para assimilarem as matérias a serem ministradas para corresponderem com os objectivos pelos quais estão sendo formados e contribuírem no combate as enfermidades.

O supervisor provincial do Programa Alargado de Vacinação do Uíge, Jacob Jorge Matos disse, na ocasião, que foram criados alguns pólos, para albergar três municípios.

Jacob Jorge Matos disse haver materiais apropriados de apoio para auxiliar os formadores na transmissão de conteúdos aos beneficiários com clareza e rigor.

Via Angop

Comentário

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*