Uíge: Registados mais de 600 casos de óbitos por malária em 2016

Uíge – Seiscentos e cinquenta e seis óbitos entre os 228 mil e 871 casos de malária diagnosticados foram registados no ano de 2016, na província do Uíge, pelas autoridades sanitárias, contra 342 falecimentos em 253 mil e 846 casos notificações em 2015

Em declarações hoje, quarta-feira, à Angop, o supervisor provincial do programa do controlo da malária no Uíge, Manuel Messo Dongala João disse que em 2016 houve uma redução de 0,9 porcentos de casos de malária e aumento em termos de óbitos com a mesma percentagem.

Informou que os casos de óbitos com malária aumentaram em 2016 por razões de chegada tardia dos pacientes às unidades sanitárias, tratamentos caseiras, falta do cumprimento das medidas preventivas e outras.

Realçou que na luta contra a malária foram como parceiros principais durante o ano de  2016,  as organizações não governamentais Mentor e PSI.

Informou que no ano transacto foram realizadas 525 palestras de sensibilização a população sobre o controlo de malária, 956 fumigações extra domiciliares para destruição de mosquitos, 455 supervisões de apoio técnico as unidades sanitárias, 16 formações e um programa massiva de distribuição de mosquiteiros.

Frisou igualmente que em quatros dos 16 municípios que compõem a província foram registados, em 2016, mais casos de malária, nomeadamente Quitexe, Quimbele, Cangola e Sanza Pombo.

Adiantou que para o ano 2017,  estão agendas várias actividades de combate a malária como aumento de acções preventivas, comunicação e educação comunitário sobre a doença, medidas de controlo, distribuição de mosquiteiros e outras.

 

Via Angop

Comentário

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*