Construção do edifício de apoio a administração autárquica do Songo avaliada em 218.171.318,00

Por Alfredo Dikwiza

Uíge, 15/07 (Wizi-Kongo) – Duzentos e dezoito milhões, cento e setenta e um mil e trezentos e dezoito kwanzas (218.171.318,00), é o valor avaliado na construção do edifício de apoio a administração autárquica no município do Songo, 40 quilómetros a norte da cidade do Uíge.

Adinilson Ferreira Gonçalves, chefe de Departamento de Organização do Território, testemunhado pelo vice-governador para o sector técnico e infra-estruturas do Uíge, António Mutunda, orientou o acto de lançamento da primeira pedra da obra, nesta quarta-feira 14/07, com duração de seis (6) meses, enquadrada no Plano Integrado de Intervenção dos Municípios (PIIM).

Estiveram presentes, igualmente, na cerimónia de construção do edifício de apoio a administração autárquica, representantes de partidos políticos com assento no parlamento, nomeadamente, FNLA e CASA-CE, bem como líderes religiosos, sociedade civil e autoridades tradicionais, apurou, hoje, quinta-feira, o Wizi-Kongo, na sede da vila do Sonngo.

Ainda no âmbito do PIIM, aquela circunscrição beneficiou também a consignação de obras de construção das escolas de 24, 12 e 7 salas de aulas, respectivamente, assim como de uma obra para a restauração do sistema de água potável. Essas obras que contarão com a mão na massa na sua maioria de jovens natos do Songo, brevemente, arrancam

Songo, é um município da província do Uíge, constituído pela comuna-sede, correspondente à cidade do Songo e pela comuna de Kivwenga (localizado a 42 quilómetros a norte da sede municipal/Songo). Porém, Songo, possui 2.800 quilómetros de extensão, distribuídos em duas comunas (Songo e Kinvwenga), 13 regedorias e 81 aldeias, concretamente, habitados por 71 mil e 515 pessoas.

Comentário

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.