Mais de cem vendedoras de peixe beneficiam de micro-crédito

Uíge – Cento e 15 mulheres, que se dedicam ao processamento e venda de pescado na província do Uíge, beneficiaram em 2016 de micro-crédito, no valor 300 mil kwanzas para cada uma , com vista a potenciar o seu negócio, informou hoje o chefe do departamento das pescas no Uíge, Nsuka Ndongala.

Segundo o responsável, que falava hoje à Angop, o micro-crédito é  um financiamento do Banco de Comércio e Industria (BCI), resultante de um acordo assinado com o Ministério das Pescas e do Instituto de Pesca Artesanal.

Informou que as vendedoras de peixe estão a cumprir com o prazo de reembolso e 33  das 115 mulheres que beneficiaram do crédito já reembolsaram ao BCI os valores antes do prazo, enquanto as restantes continuam com o pagamento do crédito.

O micro-crédito tem o prazo de reembolso de um ano e inclui o período de graça de dois meses e termina em Dezembro deste ano.

Desde o início de reembolso até agora já foram devolvidos ao BCI 105 milhões e 600 kwanzas.

O responsável avançou que o sector das pescas registou igualmente na província outras 200 vendedoras e 65 aquicultoras para beneficiarem também de crédito.

Apontou que 44 associações de pesca artesanal e 32 projectos capturaram de Junho a Setembro último,  352 toneladas de pescado, contra as 320 toneladas de igual período anterior, antes de atribuição de crédito às vendedoras de peixe.

O sector das pescas controla mil e 495 pescadores organizados em 44 associações, assim como dois postos frigoríficos de 300 mil e 250 mil quilogramas para conservação de peixe que estão ser erguidos  nos municípios do Uíge e Maquela do Zombo.

Via Angop

Comentário

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*