Qual é a diferença entre BAKONGO e CONGOLÊS? Nem todo BAKONGO é LANGA ou ZAIRENSE

Bakongo no bairro Palanca. Imagem de Rede de Angola

Por Domingos Proletário

 

 

 

 

 

1- ORIGEM DO NOME BAKONGO

Termo bakongo começou a ser usado no início do século XX. O singular de Bakongo é Nkongo ou Mukongo. Esta convenção é baseada nas línguas bantu, a que pertence a língua kongo. O prefixo ” Mu -” e ” Ba -” refere-se a ” pessoas “, singular e plural, respectivamente.

2- PRONÚNCIA DA PALAVRA BAKONGO É : [ˈbɐ̃ ˈkõɡu].

3- QUAL A DIFERENÇA ENTRE BAKONGO E CONGOLÊS?
A diferença é muito restrita. Bakongo é um etnônimo enquanto Congolês é um gentílico. Por exemplo, o meu gentílico é angolano porque o meu país é Angola e o meu etnônimo é Nkongo, Mukongo , Bacongo porque a minha etnia é Kongo. Podemos ser de países ou províncias diferentes, mas há possibilidade de sermos da mesma etnia.
QUAL É A DIFERENÇA ENTRE GENTÍLICO E ETNÔNIMO?

“O gentílico é um adjectivo que designa o país, a região, o estado, a província, o condado, o município, a cidade, a povoação ou afins, em que alguém nasceu, habita ou de onde procede. Quanto ao etnônimo designa tribo, etnia, raça ou nação a que pertence o indivíduo. ”

CONGOLÊS, CONGOLESES, CONGUÊS ou CONGOLENSE referem-se a indivíduos nacionais da República do Congo e nacionais da República Democrática do Congo.

EXISTE UMA DIFERENÇA ENTRE BAKONGO E BACONGOS.

As duas expressões estão correctas. Mas há uma diferença.

A palavra Bacongo/s grafada com a letra “C” é uma adaptação Portuguesa. Na língua Portuguesa, bacongo é todo indivíduo que nasceu ou pertence ao território que fazia parte ao antigo reino do Kongo. Em Português, o plural de bacongo é Bacongos. Pode se dizer: Eles são bacongos. Eu sou Bacongo. Quanto à palavra Bakongo (com K) é a original está em kikongo, encontra-se no plural, o seu singular é Mukongo, e não bakongos. Aqui está a diferença.

NÃO É ERRADO ESCREVER CONGO, BACONGO/S, KONGO E BAKONGO.
O alfabeto portugues em uso em Angola, até presente momento, só tem 23 letras e do qual não consta o K. Todo nome de lugar pode ser adaptada noutro idioma na escrita ou na oralidade. É o mesmo que acontece com a palavra Congo é escrita em português, seria errada se escrevesse em Kikongo porque no alfabeto de Kikongo as letras: C, Q, R, J, H, X não existem. Substituiu-se J pelo Z; X pelo S; R pelo L; O Ç ou SS em kikongo é S ; o G nunca tem valor de J.
Também no alfabeto português que vigora em Angola o K substitui por C.

Portanto, não vejo motivo de estarmos a falar do certo e errada. A palavra “Português ou europeu” em Kikongo é Mputu. Será que não ouve uma mudança drástica de português para Mputu? Toda língua pode adaptar uma palavra para sua língua. Mesmo a palavra Chinês em Kikongo diz-se Sinwa. O som do CH passou para S.

NEM TODO BAKONGO É LANGA E ZAIRENSE

As três palavras indicam realidades diferentes
Bakongo é relativo ao Reino do Kongo. Langa parece-me ora um nome preconceitoso ora gentílico atribuído aqui em Angola aos nossos irmãos nacionais da RDC. Mas, na verdade, Langa é um município da Espanha na província de Ávila, comunidade autónoma de Castela e Leão, de áreakm² com população de 549 habitantes (2007) e densidade populacional de 22,89 hab/km².

Zairense: é um gentílico antes se referia a indivíduos da RDC. Mas, hoje em dia, refere-se mais à província do Zaire do que RDC, porque esse nome já não pertence à RDC. Portanto, os da província do Zaire são Zairenses, mas não Congoleses.

QUAL É A DIFERENÇA ENTRE MUSIKONGO E MUKONGO?

A palavra Musi em português pode indicar uma expressão acompanhada da preposição DE para indicar a origem do indivíduo. Por exemplo, musikongo em português é alguém do Kongo. Musingola alguém de Angola. Musimputu alguém de Europa.
Enquanto a palavra Mukongo indica o gentílico ou etônonimo sem a preposição. Mukongo é alguém Kongo.

QUAL É A DIFERENÇA ENTRE BA-KONGO, NEKONGO E BAKONGO?
BA-KONGO
Ba-Kongo (com hífen) é relativo à província de Bas-Congo (Kongo Central) na República Democrática do Kongo.

BAKONGO

Bakongo (aglutinado) é grupo étnico bantu que vive numa larga faixa ao longo da costa atlântica de África, desde o Sul do Gabão até às províncias angolanas do Zaire e do Uíge, passando pela República do Congo, pelo enclave de Cabinda e pela República Democrática do Congo. Em Angola são o terceiro maior grupo étnico. E o maior grupo étnico na RDC.

NEKONGO

A palavra Nekongo não designa um povo como muita gente pensa.
Está formada em “Ne+kongo”, na qual o prefixo “Ne” simboliza poder empregava-se aos chefes de famílias, governadores de províncias, e até ao próprio rei, ou seja, Ntotila. E não só se utilizava o prefixo “Ne”, mas também o “Mani”, que eram empregados antes de nomes que eles pretendiam demonstrar respeito, assim tínhamos: Nekongo ou Mani-Kongo (Rei do Reino do kongo), Nesoyo ou Mani-Soyo (eram os governadores da província do Soyo) e ainda Nempetelo ou Mani-Mpetelo (que poderia ser nome de um dos chefes de família).

A PRONÚNCIA DA LETRA “R”

Na sua maioria bakongo tem dificuldade de pronunciar a letra R. A língua é também é uma manifestação cultural. Da maneira que ela é articulada transmite um conjunto de informações pode indicar de onde o indivíduo é. Portanto, nós somos bakongo e essa é uma das nossas realidades.

– ORIGEM DO POVO BAKONGO

“A origem do povo kongo tem sido difícil de determinar. A região está próxima da África oriental, considerada como uma chave para as migrações humanas pré-Históricas.

4- A ORIGEM DO NOME KONGO E MBANZA

HÁ VÁRIAS TEORIAS:

a) – De acordo com os mais velhos bakongo, a raiz de Nkongo pode ser da palavra N’Kongo, que significa ” Caçador ”

b) – AS RELIGIÕES TRADICIONAIS DO REINO DO KONGO AFIRMAM QUE :
“MBANZA significa universo, KONGO significa Deus. Desde tão quando um Nkongo é chamado ao outro, sempre respondia ou seja responde-se até hoje KALUNGA ou KONGO, KONGO é a denominação mais sagrada do universo, é nome de Deus único, o criador!. Responder Kongo ou KALUNGA significa tens todo o AMOR, ora AMOR é Deus no seu primeiro atributo aos Bakongo, por esta razão os mesmos chamam-no KONGO KALUNGA(=NZAMBI A ZOLA =Deus de Amor).
c) – ALGUNS HISTORIADORES AFIRMAM QUE:

KONGO significa:

Ko+Ngo: sítio dos leopardos, Mbanza Kongo era um lugar de valor, símbolo do poder do Reino. Para os Nkongo o Leopardo e Leão são símbolo da força e poder.

d)- ALGUMAS ESTUDIOSOS DISSERAM:

– Este nome kongo vem connosco desde Egipto até kongo dya ntotela(Mbanza kongo).

– Douglas Harper afirma que o termo significa ” Montanhas ” nos bantu Língua, que é a raiz do nome dos países e do Rio que flui através das montanhas da região do Congo.

– O povo kongo foi referido por vários nomes na literatura colonial francesa, belga e portuguesa, nomes como esikongo (singular mwisikongo), mucicongo, mesikongo, madcongo e moxicongo.

“Mais tarde este termo foi usado para se referir a qualquer “Homem negro” em Cuba, Santa Lúcia e outras ilhas da era colonial Governado por um dos interesses coloniais europeísta .”

O POVO BAKONGO SITUA-SE ONDE?

A região do Congo é uma área geográfica localizada na floresta tropical da África Central, conhecida como Selva do Congo. Deve o seu nome ao grupo étnico predominante na região, os bakongo que falam o kikongo (língua kongo) e ao reino – o Reino do Kongo; nome que foi herdado atualmente a República Democrática do Congo e a República do Congo.

“O Povo Nkongo, Kongo, Bacongo, Bakongo vive numa larga faixa ao longo da costa atlântica de África, desde o Sul do Gabão até às províncias angolanas do Zaire e do Uíge, passando pela República do Congo, pelo enclave de Cabinda e pela República Democrática do Congo. Em Angola são o terceiro maior grupo étnico. E o maior grupo étnico na RDC. ”

LÍNGUA DOS BAKONGO

A língua do povo kongo é chamada de kikongo é um macrolanguage e consiste em Bémbé, Dondo, Kamba, Boko, Kugni, Lari, Manyanga, Mikéngé ou N’Kéngé Suundi, Bavili, Yombé, Manyanga, Ndibu, Lemfu, Ntandu, Yombé, Mbata, Besi-Ngombé, Solongo, Cabinda, Yombe, Woyo, Kotchi, Zombo, Lindji e sub-línguas, pertence à família de línguas Níger-Congo , mais especificamente o ramo bantu do sul.

Acabou de ler, aprendeu? Agora identifique aquele teu amigo(a) Sulano e Bakongo para confirmarem a realidade da Origem de BK.

Comentário

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*