SME PROCEDE AO REPATRIAMENTO DE MAIS DE 90 CIDADÃOS DA RDC POR ENTRADA E PERMANÊNCIA ILEGAL NO TERRITÓRIO NACIONAL

Por Jeremias Kaboco|Jornalista

Uíge, 10/07 (Wizi-Kongo) – O Serviço de Migração e Estrangeiros, efetuou no período de 07 de Junho á 09 de Julho de 2024, ao repatriamento administrativo de noventa e quatro (94) cidadãos oriundos da República Democrática do Congo, por entrada e permanência ilegal no território nacional, sendo quarenta e oito (48) do género masculino e trinta e um (31) do género feminino, acompanhados de quinze (15) menores de ambos géneros.

Segundo a fonte que este portal teve acesso, os aludidos transgressores, quatro (04) são provenientes da Província de Malanje, outros foram interpelados pelas forças destacadas nas Secções Municipais do Bembe, Maquela do Zombo, Quimbele, Quitexe, Damba e Sanza Pombo, no âmbito das acções que visam combater a imigração ilegal naquelas circunscrições territoriais, assim como também a retenção de alguns pelas forças mistas adstritas ao Posto Fronteiriço do Kimbata, por terem violado a referida fronteira, infringindo assim, as normas estatuídas na Lei n.º 13/19, de 23 de Maio, sobre o Regime Jurídico dos Cidadãos Estrangeiros na República de Angola.

Face aos factos, foram-lhes instruídos os competentes processos de transgressão administrativa nos termos do artigo n.º 99° do diploma acima referenciado.

Vale lembrar que o repatriamento, efectivou-se através do posto de fronteira do KImbata no Município de Makela do Zombo.

Comentário

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.