Cidadão desaparecido durante sete dias na mata reaparece.

Imagem simbolica

Ambuila – O cidadão Paulo José, 50 anos de idade, desaparecido do convívio familiar quarta feira passada, 13 de Setembro, foi encontrado hoje (quarta-feira), uma semana depois, com vida pelas pessoas que o procuravam na Serra de Cananga, município de Ambuila.

Segundo contou a esposa, Liliana Afonso, o marido ausentou-se muito cedo da casa, quarta feira 13, rumo à roça para derrubar os troncos que se encontram na lavra. Três dias depois, ao ver que não regressava à casa, a esposa começou a preocupar-se e passou em todas lavras à procura do parceiro, e sem sucesso.

“Depois de procurar por todas as lavras sem o encontrar, decidi informar à polícia que rapidamente orientou as autoridades tradicionais organizar um grupo de jovens para alargar o perímetro da busca” – conta.

Hoje o cidadão foi encontrado nas imediações da Serra de Cananga perdido, e fisicamente debilitado devido à fome e sede, referiu.

O soba da sede Mantoyo em Ambuila, Nzola Makanda, disse que este acontecimento deixou-lhe preocupado e orientou a família a colocar o cidadão sob protecção divina de Deus através de orações.

Em declarações à Angop, Paulo José afirmou não se lembrar de muita coisa durante os dias que esteve perdido na mata, mas em sonho observou o seu falecido pai que lhe ajudou a sobreviver na densa floresta que cobre a serra de Cananga.

O filho Banduenga Paulo José, disse que o seu pai é uma pessoa normal sem indicadores de doenças mentais ou outros males que levantem preocupações; contudo, comprometeu-se a não deixar doravante o pai ir à lavra sozinho.

A serra de Cananga é a maior concentração florestal do município de Ambuila e dista à nove quilómetros da vila. Actualmente conhece alguma actividade agrícola e exploração de madeira. Tem uma fauna tipicamente tropical e compõe-se de vários rios e riachos com água pura como Kansekele, de que depende o sistema de gravidade que fornece água à vila de Ambuila.

O município do Ambuila dista a 100 quilómetros a sudoeste da cidade do Uíge, sede capital da província com o mesmo nome.

Via Angop

Comentário
Fichier hébergé par Archive-Host.com

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*