Brigadeiro 10 Pacotes recebido em apoteose e ambiente de vitória

Imagem, Wizi Kongo - Brigadeiro 10 Pacotes e os apoiantes.

Por Alfredo Dikwiza

Luanda, 23/01 (Wizi-Kongo) – Brigadeiro 10 Pacotes, mostrou hoje, em Luanda, Angola, mais uma vez, aos olhos dos angolanos e do mundo ser um líder das multidões. O seu regresso em visita ao bairro que lhe viu a crescer, Cazenga, com objectivo de reencontrar-se com os velhos amigos, dez anos depois de ter ficado fora do país, por motivos de perseguições políticas, foi recebido em apoteose emocionalnte e ambiente de vitória.

Cânticos, assobios, gritos de alegria, danças, respeito e gratidão, preencheram o leque do manifesto da população do Cazenga e não só, do primeiro minuto ao fim, da primeira rua a última rua, por onde Brigadeiro 10 Pacotes passou. Era tanta gente, das três fases de idade, crianças, adultos e cidadãos da terceira idade, que, saiam das suas casas para virem a rua ver, saudar, dar abraço e recordar alguns momentos vividos no passado. Uns, com as casas mais próximas (rua) da estrada, ficavam nas janelas, fechavam as cantinas e lojas, soltavam o grito de força, de vitória e de esperança.

Em cada metro percorrido, encontrava-se nova multidão, uns juntavam-se a marcha a pé, outros desejavam coragem, alguns tiravam fotos e filmavam, cuja presença do músico revolucionário e político que encabeça neste momento a comissão instaladora do projecto do Cidadãos Revolucionário Nacionais para Transformação da Estrutura Social-Partido dos Jovens (CRENTES-PJ), animava todos quanto o conhecem, ouviam falar e os seus fãs na elite musical.

Com um asseguramento digno de realce a todos os níveis da polícia nacional (Cazenga) que se fez presente com duas viaturas de cabina abertas e três motorizadas, com dois elementos por cada motocicleta, Kuanda Kalonji Madingo, ou simplesmente, Brigadeiro 10 Pacotes, começou com a caminhada a pé no bairro da Mabor, na rua da Luz (casa da sua mãe), seguindo pelos bairros Chicago, 2 Postos, Rapados, Ciborg do Milongo e tendo culminado no Massoló, numa caminhada iniciada às 12 horas e com o fim às 14 horas e 30 minutos.

Palavras de ordens como “nós um dia seremos”, “viva Angola”, “viva Holden Roberto”, “viva “Jonas Savimbi”, “viva Agostinho Neto”, “viva os CRENTES-PJ”, bem como o “futuro começa agora”, “os bons filhos voltam a casa”, “Brigadeiro 10 Pacotes é o presidente”, engrossavam a caminhada e ao ritmo da banda “fanfara”, nem com o sol que se fazia sentir, a distância percorrida, conseguiu baixar a intensidade e euforia de todos quanto se fizeram presente.

Uma hora antes, isto é, no comité municipal da federação do CRENTES-PJ no Cazenga, Brigadeiro 10 Pacotes, presidiu uma reunião com os seus membros e não só, onde aproveitou a oportunidade para esclarecer 10 objectivos do projecto político por ele fundado, nomeadamente, entre outros, “apresentar uma nova geração de políticos constituídos maioritariamente de jovens, de vários estratos sociais mormente pessoas que não tiveram participação na guerra civil em Angola que terminou em 2002”, “edificar um país novo, próspero, competitivo e de bem-estar” e “construir um Estado que protege”, “justo e solidário que agirá como pai dos órfãos, marido das viúvas e das mulheres solteira” e “irmãos dos abandonados”.

A referida actividade, correu bem do princípio ao fim, não ouve distúrbios por parte dos integrantes, muito menos desacatos com as autoridades policiais e não só, aliás, o convívio com as forças da ordem “polícia nacional”, foi um dos pontos altos também desta actividade, sob liderança do comandante da esquadra, Alberto Massaqui, que, em companhia dos seus efectivos souberam orientar, aconselhar, conviver e democraticamente disciplinada.

Comentário

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.