Governador reitera rigor na gestão de fundos públicos

GOVERNADOR DO UÍGE, PINDA SIMÃO FOTO: DOMINGOS NICOLAU

Uíge – O governador provincial do Uíge, Pinda Simão, aconselhou hoje, terça-feira, os gestores públicos a continuar a primar pelas melhores práticas de gestão de fundos e outros recursos alocados para a execução de projectos sociais, de forma assegurar a melhoria das condições sociais da população e alavancar o progresso dos municípios.

Pinda Simão, que falava na abertura do ciclo de palestras sobre probidade pública e a prevenção contra a Corrupção no âmbito do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM), promovido pela Procuradoria-geral da República (PGR), sublinhou a necessidade dos gestores públicos executar com rigor os projectos preconizados.

No Uíge, o PIIM prevê a terraplanagem de estradas terciárias, construção de salas de aula, centros de saúde, sistemas de abastecimento de água potável, estruturas administrativas e aquisição de kits para o saneamento básico.

Por isso, o governador lembrou que a sua materialização tem merecido especial atenção do Executivo angolano, sendo, por isso, preciso que haja acções eficientes, para que os resultados venham propiciar melhores condições de vida às pessoas.

“A corrupção é um serio obstáculo ao normal funcionamento da instituições estatais e privadas, prejudicando gravemente os direitos dos cidadãos e da administração, bem como o desenvolvimento das economias. O seu combate exige esforços de todos”, lembrou o governador.

Por sua vez, a Procuradora- geral adjunta da República, Madalena António Leite Faria, apelou a população no sentido de continuar a denunciar os actos de corrupção aos órgãos competentes, para que possam ser combatidos de forma enérgica.

No seminário foram debatidos temas como, “a contratação pública”, “execução das despesas públicas”, “probidade pública, consequências legais dos actos de improbidade”, “a criminalidade económico-financeira”, entre outros.

 

Comentário
Fichier hébergé par Archive-Host.com

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.