Lar de idosos no Uíge beneficia de donativo

Por Valter Gomes

O lar de acolhimento de idosos do Quituma, na província do Uíge, beneficiou de alimentos, instrumentos agrícolas e electrodomésticos, numa iniciativa da organização feminina do MPLA.

Do donativo, entregue pela secretária nacional da Organização da Mulher Angolana (OMA), Luzia Inglês, constam bens como arroz, massa alimentar, óleo vegetal, instrumentos agrícolas e electrodo-mésticos. A ajuda enquadra-se no programa integrado de saúde, acção social e assistência jurídica às famílias rurais, da referida agremiação partidária.

Luzia Inglês defendeu a necessidade de as famílias prestarem maior atenção, cuidados e protecção à saúde e à vida dos idosos.
“O melhor lugar para garantir a longevidade e cuidados primários e pontuais da saúde dos idosos é no seio familiar, porque é lá onde deve receber calor, carinho, aconchego e verdadeiro amparo”, disse Luzia Inglês.

Considerou negativo o comportamento de muitos cidadãos que abandonam os  familiares por envelhecimento, tendo apelado à responsabilidade social dos idosos no resgate do valor da família africana e angolana, em particular.

Domingos Van-Dúnem, de 80 anos, manifestou, em nome dos idosos acomodados no lar, satisfação pelo apoio recebido. “Agradecemos pela visita e pelo apoio que nos foi dado, pensávamos que estávamos esquecidos, mas afinal de contas existem instituições que sabem e escutam o nosso grito de socorro”, expressou o idoso, em língua materna kikongo.

A directora do lar dos idosos do Quituma, Maketo Madalena Bunga, disse que o donativo chegou num momento em que o lar registava falta de alimentação.
O lar Quituma controla 38 idosos de ambos os sexos, provenientes de diferentes pontos do país e necessita de uma ambulância. As doenças mais frequentes no lar são a malária complicada, diarreia e doenças respiratórias agudas.

Comentário

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*