Regresso as aulas sem aderência no Uíge

Por Miguel Ferreira

Uíge, 09/02 (Wizi-Kongo) – O regresso as aulas/2020, concretamente, nos seus primeiros três dias/5/7(02), não tiveram aderência aceitável por parte dos alunos e professores, fazendo com que a cor branca das batas não florisse às ruas da cidade do Uíge.

O facto foi constado na manhã desta quinta-feira (06), dia em que a equipa do Wizi-Kongo, entrou em campo para uma ronda em loco sobre o arranque das aulas na maioria das escolas do município do Uíge, tendo registado a ausência de alunos nas salas de aulas, bem como de professores.

Nesta ronda, descobriu-se um dos motivos comuns que originou a fraca participação dos alunos, prende-se com a saída tardia das listas de distribuição das turmas, bem como dos períodos para os alunos estudarem e professores trabalharem.

Entre as escolas por onde a equipa do Wizi-Kongo passou constam as do ensino primário, primeiro e segundo ciclo do ensino secundário. Mas, em algumas escolas encontrou-se uma organização aceitável no que tangem a publicação das listas dos alunos, distribuição dos períodos dos mesmo e também dos seus professores, quanto a essas escolas, a aderência ao regresso as aulas nos três primeiros dias foi aceitável.

Por outro, alguns funcionários de certas escolas que foram entrevistados, legaram também que o feriado prolongado contribuiu bastante de forma negativa quanto a participação dos alunos e professores nas salas de aulas. Noutras, nem os portões foram abertos até a hora em que a equipa fazia a sua reportagem (11hs). Entretanto, a ausência dos alunos e professores nos primeiros dias de aulas vai tornando um hábito, pois, mesmo nas pausas do primeiro e segundo trimestre, costuma se registar isso nos últimos anos.

Directora do gabinete provincial da educação coloca milhares de alunos fora do sistema de ensino

A morosidade registada por parte da directora interina do gabinete provincial da educação, Fernanda Mulele André, quanto assinatura dos certificados e declarações dos alunos finalistas do primeiro e segundo ciclo, colocou milhares e milhares de alunos fora do sistema de ensino/2020, pois, para os finalistas da 9ª classe foram barrados de ingressar no ensino médio por não possuírem um dos dois documentos em causa, igualmente, para os que finalizaram a 12ª classe, que viram o sonho ofuscado para a faculdade por não terem os referidos documentos obrigados.

Como disseram ao Wizi-Kongo alguns directores de várias escolas do colégio e liceu, que, a culpa não é das suas direcções que dirigem, mas sim, por parte da directora que não conseguiu assinar as declarações e certificados por ela encaminhados, com isso, ainda que os alunos e encarregados continuamente foram solicitando estes documentos, infelizmente, sem sucesso.

“Nós fizemos a nossa parte, que é, emitir os certificado e declarações e encaminha-los a directora, que, possui a competência de assinar os mesmos documento e, a julgar pela expansão das escolas a nível da província e do elevado número de alunos finalistas das classes da 9ª e 12ª, logo, uns tiveram a sorte e outros não, ou seja, os documentos que ela assinou são os que nós levantamos e quando os alunos vieram, entregamos e por parte daqueles que ela não conseguiu assinar há tempo, ficaram mesmo de fora do sistema de ensino porque são documentos de prova na conclusão da classe anterior”, justificaram.

Até ao momento, observaram, centenas e centenas de certificados e declarações ainda não foram entregues aos alunos, de cada escola, apesar de os mesmos virem aqui dois em dois dias e, é, frustrante essa situação, as vezes, sustentaram, costuma acontecer vários desentendimentos entre o corpo directivo da escola com os encarregados de educação e alunos, por estarem a pensar que a culpa na morosidade dos documentos é “nossa”, na verdade, não é.

Na última sexta-feira (07), o Wizi-Kongo, tentou contactar a directora interina do gabinete provincial da educação no Uíge, Fernanda Mulele André, mas um dos seus colaboras, que não quis se identificar, impediu a equipa do Wizi-Kongo manter o contacto com a respectiva responsável do sector da educação a nível da região do Uíge.

Comentário
Fichier hébergé par Archive-Host.com

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.