Trabalhadores da recolha do lixo queixam-se de salários baixos e maus-tratos

Os trabalhadores da empresa Banhã, que opera, na limpeza e recolhade lixo na cidade capital da província angolana do Uíge estão a queixar-se de maus-tratos por parte da entidade empregadora e dos salários bai

Em entrevista à VOA, os funcionários que pediram anonimato afirmam estar a auferir 15 mil kwanzas por mês que não são suficientes para as necessidades básicas e que, segundo afirmam, viola o princípio do Salário Mínimo Nacional.

Os trablahdores disseram que poderão manifestar-se nas ruas contra as suas condições de trabalho.

Um porta-voz da empresa rejeitou a acusação de maus-tratos e fez notar que os trabalhadores assinaram um contrato.

“Se assinaram é porque o salário é condigno”, concluiu.

Via VOA

Comentário
Fichier hébergé par Archive-Host.com

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.