Testemunha de Jeová encontrado a envolver-se sexualmente com mulher mantida

Por Alfredo Dikwiza

Kimbele, 13/09 (Wizi-Kongo) – Eurico, jovem publicador de Testemunha de Jeová, de 27 anos de idade, foi encontrado nesta quarta-feira (11), no bairro kissangui, arredores da sede do município de Kimbele, província do Uíge, a ter relações sexuais pelas 21 horas, com uma mulher que vivia maritalmente, depois de ter terminado a pregação, num momento em que o próprio marido estava à escassos metros da sua residência.

Na medida em que Eurico envolvia-se sexualmente, por cima de um saco cizal estendido no chão, em casa da sua amante, no caso, Lusseiko, local onde a mulher vivia com o seu esposo, os dois foram surpreendidos pelo dono de casa (cujo nome foi solicitado não divulgar) e, não contendo-se pela acção que encontrara a sua mulher a praticar com outro homem, agrediu ambos com golpes graves, denunciou hoje, sexta-feira, ao Wizi-Kongo, um dos parentes do esposo da jovem Lusseiko.

Enquanto estavam em brindes com os beijos inaugurais e com o prazer sexual na tona, disse o entrevistado, o próprio Jeová deu luzes ao esposo da jovem Lusseiko, que assim os surpreendeu deitados por cima do saco estendido no chão, sendo um facto que terminou com uma agressão grave aos mesmos, por não conter-se com acto que decorria em sua própria casa.

Eurico, segundo citou a fonte, tem vindo a ministrar os ensinamentos bíblicos à Lusseiko, um gesto que era encarado pelo esposo da mesma traidora como simplesmente divino, mas entre o pregador e a evangelizada, passaram-se por esta via, aproveitando-se assim da bondade social do marido e da Organização das Testemunhas de Jeová, para fins apacionais.

Assim que Eurico chegou, como era habitual, observou o entrevistado, convidou a sua namorada secreta para a pregação, a mesma disse ainda que já estava a fazer o jantar para a família domiciliar, sem de longas, o estímulo psicossexual do jovem já estava a manifestar-se, sem temer de qualquer consequência inédita, entrou em acção com a esposa do outro, em casa do dono da esposa.

Assim, disse, a jovem cedeu a entrada ao famoso salvador e fiel discreto de Jeová, tal como tem soado em suas bocas de forma estrondosa, a expressão que as Testemunhas de Jeová, são os únicos escolhidos por Deus, em muitas lendas filosóficas de seus ensinamentos, acto este que foi interditado pelo dono da mulher traidora.

Quando o soba percebeu-se do episódio tão avalanchoso, foi até ao local do sucessedido caso e acudiu o publicador de Testemunhas de Jeová até a resistência dos familiares. Até ao momento, aguarde-se, das autoridades tradicionais, que façam a justiça, segundo os direitos costumeiros.

Constituído por três comunas, nomeadamente, Icoca, Kuango e Alto Zaza, 16 regedorias e 296 aldeias, habitadas por uma população estimada em 136 mil e 496 habitantes, o município do Quimbete, é situado a 261 quilómetros a nordeste da cidade do Uíge.

A população na sua maioria é camponesa que produz mandioca, banana, batata doce, milho, feijão, amendoim.

Comentário
Fichier hébergé par Archive-Host.com

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.