Registo civil no Uíge com grande adesão

Programa de registo gratuito beneficia milhares de cidadãos Fotografia: Edições Novembro

Por Joaquim Júnior

A reabilitação da estrada que liga o Uíge à Mucaba, permitiu a extensão de vários serviços sociais para a comuna do Uando,  com destaque para o registo civil de nascimento, que beneficiou 1.350 cidadãos, entre Maio e Agosto deste ano.

O delegado municipal da Justiça e dos Direitos Humanos de Mucaba, José Manuel,  disse que a comuna do Uando ficou muito tempo sem registar a população, devido ao difícil acesso, mas as coisas mudaram, nos últimos tempos.

Nesta altura, populações de quatro aldeias, isto é, do Quieca, Camanuengue, Mucongue e Tuco beneficiaram dos serviços da brigada móvel do registo, um trabalho que vai continuar noutras comunidades, para beneficiar perto de 200 cidadãos. José Manuel realçou que, de 2003 a 2016, a Delegação Municipal da Justiça de Mucaba lavrou um total de 37 mil assentos de nascimento, o que considera haver uma crescente consciência jurídica entre os cidadãos, justificada pelo aumento da procura dos serviços de registo de nascimento.

Exemplificou que,de Janeiro a Agosto deste ano, foram tratados 3.500 assentos de nascimentos em todo o município. A Delegação Municipal da Justiça e dos Direitos Humanos de Mucaba tem disponíveis serviços do registo civil, cópia integral ou certidão de nascimento, registo de óbito e assentos de casamento.

Uma brigada móvel de registo massivo e um posto na maternidade do Hospital Municipal de Mucaba fazem parte das tarefas controladas pela instituição.

Fonte: JA

Comentário

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*