General Defao no país para dois espectáculos

O Cine África, no Hoji ya Henda, município do Cazenga, em Luanda, é, hoje, a partir das 18h00, palco do primeiro de dois espectáculos que o cantor congolês General Defao realiza, este mês, no país.

O concerto conta com a participação de Yannick Afroman, Jay Lourenzo e do humorista Artur Pop, numa iniciativa da produtora angolana LNS.
O segundo concerto está agendado para o dia 30, no Cine Ginásio, na província do Uíge, e deve integrar outros artistas nacionais no leque de convidados.

Pela primeira vez em Angola, o artista que chegou às primeiras horas de ontem, ao Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, em Luanda, proveniente de Kinshasa, fará apresentações com o suporte de uma banda própria, integrada por 18 membros, entre músicos e bailarinos.

Célsio Inácio, director de comunicação da produtora, disse, ao Jornal de Angola, que espera mais de três mil pessoas em cada concerto do artista congolês.

General Defao é um cantor e compositor com várias obras discográficas, nas quais se destaca “Copinage”, “Amour Interdit” e “Pité mom Amour”.

A sua carreira musical é tipicamente congolesa, iniciada em 1976, em pequenos grupos de um distrito populoso de Kinshasa, tendo como modelos, na época, quatro cantores do grupo Zaiko, nomeadamente Papa Wemba, Nyoka Longo, Gina Efonge e Evoloko. Mas é com Tabu Ley Rochereau com quem mais se identifica.

A consagração do artista surgiu, em 1981. Depois pelos grupos Choc Stars, ao lado de Bozi Boziana, outra estrela da música congolesa, nos anos 1980, e The Big Stars.

Comentário
Fichier hébergé par Archive-Host.com

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.