Matadidi Mário rompe silêncio em sarau cultural

Matadidi Mário rompeu o silêncio depois de uma longa ausência dos palcos. O autor de músicas como “FAPLA” e “Um minuto de Silêncio”, que marcaram a década de 80, Matadidi Mário protagonizou, na segunda-feira à noite, dia 16, um dos momentos marcantes de um sarau cultural em homenagem ao primeiro Presidente de Angola, António Agostinho Neto.

O artista, um dos ícones da música nacional, relembrou, com esses dois temas, o drama do anúncio da morte do fundador da Nação, em 1979, e a actividade das FAPLA.

Nessa actuação, Matadidi foi acompanhado, entre outros, pelo guitarrista Teddy Nsingui, antigo companheiro na Orquestra Inter-Palanca. Apesar da idade, Matadidi fez vibrar a plateia com o seu jeito peculiar de cantar e dançar, que lhe valeram “vivos” aplausos.

Com mais de 40 anos de carreira, Matadidi retratou o cenário de mulheres a chorarem, o anúncio de Lúcio Lara e os contos de Kundi Paihama, que lhe deram inspiração para escrever aquelas duas canções. Além desses temas, o músico interpretou também “O Presidente disse” e “Volta camarada”.

Via JA

Comentário
Fichier hébergé par Archive-Host.com

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.