Chuva desaloja dezassete famílias na aldeia Kimalalo

imagem de arquivo
imagem de arquivo

Songo – Dezassete famílias ficaram sem abrigo na localidade de Kimalalu, 20 quilómetros a sul da sede do município do Songo, província do Uíge, em consequência da forte chuva que se abateu domingo na referida cisrcunscrição, informou hoje, terça-feira, Angop, o sèculo da mesma, Alfredo José Bota.

Segundo a autoridade tradicional, as chuvas acompanhadas de fortes ventos e granizo destruíram também escolas na mesma localidade de Kimalalo.

O seculo de Kimalalo, ao revelar o facto disse não haver vítimas mortais, pelo que lamentou o sucedido e pede apoio ao governo para permitir a reparação das residências dos sinistrados.

António Joaquim Matengo, um dos sinistrados lamentou que o vento levantou todo tecto da sua residência e destruiu as paredes, tendo perdido quase todos os bens materiais que se encontravam no interior da residência.

A cidadã Madalena Dorcas Raul, viúva, informou que neste momento vive com quatro filhos, cuja casa foi totalmente danificada e encontra-se abrigada em casa de um parente, pelo que pede ao governo e pessoas de boa fé no sentido de apoiá-la.

Lamentou pelo facto de ter perdido também todos haveres e suplicou na ocasião, na necessidade de serem apoiados com urgência para repor com maior brevidade os bens que perdeu.

Entretanto, para além de Kimalalo, a chuva destruiu igualmente a única escola primária da aldeia Cambala, onde actualmente as crianças assistem aulas debaixo das árvores.

O soba local, António Gaspar solicita as autoridades competentes para apoiar a reconstrução da mesma infra-estrutura com vista a melhorar as condições de acomodação das crianças.

O município do Songo possui uma região de dois mil 800 quilómetros de extensão, distribuídos por uma comuna, 13 regedorias, 81 aldeias e 14 bairros, conta com uma população de 62 mil 362 habitantes, segundo os dados do Censo/2014.

Via Angop

Comentário

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.