Covid-19 atinge “Rescova” e é transferido de emergência para Luanda

Jeremias Kaboco / Alfredo Dikwiza

Uíge, 04/10 (Wizi-Kongo) – A covid-19 atingiu o governador provincial do Uíge, Sérgio Rescova. No Uíge, depois de apresentar complicações preocupantes de saúde relacionadas com essa doença, foi transferido de emergência para Luanda, capital do país, onde de imediato internou na clinica privada Girassol.

É, a segunda figura de renome do Uíge que teste positivo a covid-19, cujo primeiro a ser internado é o antecessor de Sérgio Rescova no cargo de governador do Uíge, Mpinda Simão, que, igualmente, esteve na mesma clinica no mês do Julho, mas por ter estado assintomático, dias depois recebeu alta. Em Angola, de Março a Outubro/2020, foram já registados mais de cinco mil casos, que continuam a subir todos os dias.

A informação foi prestada hoje, sábado, na cidade do Uíge, de fonte próxima do governo provincial local. Sem ter que explicar muitos detalhes, a fonte confirmou ser verdade que o governador foi mesmo transferido do Uíge/Luanda por ter apresentado complicações de saúde relacionados com a covid-19. Já em Luanda, assegura a fonte, depois de passar pelos testes, deram em positivo, o que levou o mesmo ser internado com urgência na clínica Girassol.

Sérgio Luther Rescova foi nomeado como governador provincial do Uíge, pelo titular do poder Executivo angolano, João Lourenço, no dia 26 de Maio do ano em curso em substituição de Mpinda Simão que esteve no mesmo cargo nas terras desde 2017.

Porém, junto a clinica Girassol, o portal Wizi-Kongo continua a evidenciar contactos para saber do estado de saúde do número do governo local, com objectivo de manter informada a população que ele dirige.

Comentário

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.