MAKELA DO ZOMBO NECESSITA ESCOLAS PARA ALBERGAR MAIS DE 2 MIL ALUNOS

Uíge – O município de Maquela do Zombo, na província do Uíge, necessita de mais de 10 escolas, maioritariamente do ensino primário e secundário, para albergar dois mil 204 crianças que se encontram fora do sistema de ensino.

A localidade, que matriculou neste ano lectivo 43 mil alunos nos diversos subsistemas do ensino geral, conta com 64 escolas, sendo 48 do ensino primário, oito colégios, cinco liceus, dois complexos e um instituto médio politécnico. 

Em declarações à Angop, nesta quinta-feira, o administrador municipal de Maquela do Zombo, Samalando Muginga, explicou que a necessidade é de escolas do ensino primário, secundário, colégios, magistério primário e instituto médio de saúde. 

O responsável explicou que, além de albergar crianças fora do sistema de ensino, a construção de novas escolas poderá reduzir o número de alunos que estudam na República Democrática do Congo (RDC), sendo que mais de 500 frequentam o presente ano lectivo naquele país vizinho .

Apontou as comunas de Sacandica e Cuilo Futa como zonas com maior necessidade de escolas.

O administrador disse estar confiante de que esse problema e outras necessidades enfrentadas pela população local serão minimizados com a implementação do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios – PIIM 2. 

Em relação aos serviços de saúde, dificuldades nos serviços de cirurgia geral e oftalmologia, sendo que a localidade possui um hospital municipal com mais de 70 leitos, 205 enfermeiros e 10 médicos.

A localidade conta, igualmente, com 10 centros de saúde e 14 postos de saúde. 

Explicou que foram lavrados, nesta época agrícola, mais de 150 hectares de terra, onde 130 famílias camponesas, apoiadas pela administração municipal, desenvolvem uma agricultura agrícola.

Apesar do esforço das famílias camponesas, disse que o mau estado das vias de acesso dificulta o transporte de produtos dos campos para os mercados.

O município de Maquela do Zombo, qye dista a 293 da sede provincial do Uíge, conta com uma população estimada em mais de 304 mil habitantes, distribuídos em 306 aldeias. EPP/JRE

Via Angop

Comentário

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.