Cidadão condenado por tentativa de homicídio frustrado no Songo

Songo – Um cidadão, de 41 anos, identificado por Lopes António de Almeida foi condenado hoje, terça-feira, na Vila do Songo, a quatro anos de prisão maior pelo Tribunal Provincial do Uíge, por tentativa de homicídio frustrado.

O juiz da causa, Tiófilo Baptista, que orientou a sessão de julgamento, disse que o réu havia cometido no dia 25 de Fevereiro deste ano o crime de furto de produtos agrícolas (Safús), numa das lavras do ancião, Jeremias Augusto, adjacente a aldeia Banza Luanda II.

Depois de ser surpreendido  pelo dono dos bens, adiantou, agrediu o proprietário da lavra com dois golpes de machado na cabeça, facto que obrigou a vítima a ser internada no hospital provincial do Uíge, tendo ficado temporariamente inconsciente num período de 60 dias.

Segundo o juiz, o machado foi submetido ao exame e as regiões atingidas e a intensidade dos golpes demonstram ter o arguido a intensão de matar a vítima, conforme se lê na folha 13 dos actos.

Acrescentou que durante o período de recuperação das lesões, o acusado não prestou qualquer assistência ao ofendido, incorrendo o réu na prática de tentativa de homicídio frustrado e furto previsto e punido pelas disposições combinadas dos artigos 350º, 104 nº 2 e 421 nº 2, todos do Código Penal.

O réu condenado a pena única de quatro anos de prisão maior e um mês de multa, a razão de 100 kwanzas de taxa diária, pagando também 50 mil kwanzas para a taxa de justiça, sete mil kwanza a favor do defensor oficioso e vai igualmente o réu indemnizar o ofendido com um valor de 100 mil kwanzas.

Via Angop

Comentário

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.