VICY, O ÍCONE DE FUTEBOL DO UÍGE

Por Napoleão Piedade Brandão

VICY António, conhecido nas lides futebolísticas por “Velha Raposa” e ou “Diabo Nkuia”. O “Pequeno genial”. O seu nome está intrinsecamente ligado à história do nosso futebol. Um ícone, quer a nível de Clubes e Selecções que representou.

Nasceu no Município de Maquela de Zombo, Província do Uíge, aos 26 de Junho de 1953. Devido as convulsões sociais na década de 60, contra o Colonialismo Português, a família foi obrigada a refugiar no ex-Congo Belga – Zaíre.

VICY, começou a jogar futebol na sua adolescência, numa equipa de Bairro denominada Saint Juan D”azur de Kinshasa. Para quem tem a minha idade ou mais de certeza que recorda-se daquele ala genial, que brilhou na década de 80. VICY.!!! Um Extremo que jogava até dizer basta, fazendo magia e levantar os expectadores. Imprimia maior dinâmica de jogo, ocupava mais espaços e mais abrangente na transição ofensiva.

Apesar da sua altura, de pouco mais de um metro e sessenta, com um bigode a fazer lembrar o Astérix, tinha alta mobilidade devido o centro de gravidade baixo. Era um pequeno mago com a bola nos pés. Fazia gato e sapato de quem com ele te cruzava. Genial no passe e mortal no remate. VICY tinha uma excelente capacidade técnica e visão de Jogo. Posteriormente, foi convidado a jogar na equipa do Banco do Zaíre – Baza. Em 1974 representou o Imana com os Mundialistas, que representaram o ex- Zaíre na antiga RFA-República Federativa da Alemanha, entre eles Kidimu, Kakoko, Nbungo Tex,…

Após seu regresso ao País representou durante 4 épocas entre 1979 à 1982 a equipa do MCH do Uíge – Ministério da Construção e Habitação, uma das mais temidas do Girabola. Infelizmente, hoje sem expressão. Quiçá extinta. VICY foi titular indiscutível nas equipas e Selecções que representou.

Notabilizou-se muito cedo na equipa do “bago vermelho”. Revelou-se como um dos jogadores mais influentes na manobra ofensiva da equipa, conquistando o coração dos seus adeptos e da crítica desportiva, granjeado de elogios em todo País.

VICY, sofreu muito com as entradas faltosas de quem não o conseguia parar de forma legal. Jogou no MCH com Adelá, Kiala, Afonso, Bento, Bidy, Carlitos, Dias Finda, Jolie, José, Nimy, Simarró, Maradona, Marco, Michel, Samy, Tunga, Rizanó, Nfinda, Pelé, Malungo… tornando-se uma das equipas mais poderosas do Girabola.

Posteriormente, transferiu-se para o Estrela Clube 1.de Maio de Benguela, já com muita fama e foi um dos grandes reforços num tridente ofensivo formado por Daniel, Maluka e VICY. Na equipa da Rua Domingos do Ó, jogou com Tomás, Kiala, João Manuel, João de Deus, Agostinho, Garcia, André Nzuzi, Barros, Mira, Reigadinha, Simões, Melaschton, Sequeira, Fusso, Santana, Zé Aguas, Rui Teixeira, Raúl, Muzemba, Moisés, Fidele, Zandú, Tadeu, Sarmento, Maluka… jogadores com um nível acima da média, que revolucionaram o nosso futebol. Bons velhos tempos.!!! Conquistou 2 Campeonatos Nacionais em 1983 e 1985, uma Taça de Angola em 1982 e uma Super Taça em 1983.

Durante o seu percurso nos “proletários” de Benguela teve como treinadores Renato de Sousa, Cardim Pinto, Chico Ventura, Armando Costa, João Machado e Rúben Garcia. VICY, representou mais de duas dezenas de vezes a Selecção Nacional com Napoleão Manecas, Luís Cão, Tony, Catarino, André Nzuzi, Wilson, Makuéria, Avelino, Tandu, Santo António, Garcia, Zeca, Barbosa, Chico Dinis, Lourenço, Fusso, Ivo, Eduardo Machado, Nsuka, Gonçalves, Vieira Dias, Nelson, Sarmento, Antoninho, Mendinho, Ndala, Maluka, Nelson, Alves, Ndunguidi, Jesus, Dinis, Abel Campos… Teve como Treinadores Domingos Inguila, Vidik, Skoric, Joca Santinho… VICY, desbobinava um futebol que deviam-lhe abrir as portas para a Europa, mas infelizmente…!!! Não o deixaram. Outros tempos, outras vontades. Da Glória à Miséria…!!! Ressente-se , porque têm dificuldade de voltar a ser o mesmo. Depois de a Glória acabar, também o Futebol, o Dinheiro, a Fama e o seu Glamour…!!!

Comentário

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.